Quer consultar se tem saldo disponível no PIS/PASEP? Siga esse passo a passo

Pontos-chave
  • O pagamento do abono PIS/PASEP começa em fevereiro desse ano;
  • O mínimo a ser recebido é de R$ 110, e o máximo R$ 1.320;
  • É possível consultar online se tem direito ao abono.

O abono salarial do PIS/PASEP começa a ser pago em fevereiro. Até lá, no entanto, aqueles que cumpriram com os requisitos de acesso ao pagamento, mas não sabe quanto receberão, podem consultar o seu saldo. O crédito é relativo ao que foi trabalhado em 2021, e será pago entre os meses de fevereiro e julho a depender do mês de nascimento ou número de benefício do trabalhador.

Quer consultar se tem saldo disponível no PIS/PASEP? Siga esse passo a passo
Quer consultar se tem saldo disponível no PIS/PASEP? Siga esse passo a passo (Imagem: FDR)

Pelo menos 23,6 milhões de trabalhadores que atuaram com carteira de trabalho assinada no ano-base 2021 devem receber o PIS/PASEP em 2023. Para isso, o Ministério do Trabalho e Previdência acredita que sejam necessários desembolsar R$ 24,4 bilhões para que todo o público alvo receba a quantia limitada a R$ 1.320.

Enquanto a Caixa Econômica Federal será a responsável por repassar o pagamento do PIS (Programa de Integração Social) para trabalhadores da iniciativa privada, o Banco do Brasil vai pagar o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) para servidores públicos.

O abono salarial do PIS/PASEP representa um 14° salário para os trabalhadores, uma espécie de gratificação pelo ano trabalhado. Não recebem os empregados domésticos, trabalhadores rurais e urbanos ou quem trabalhou por menos que 30 dias com carteira assinada no ano base. Para repassar o valor são usados recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Quem vai receber o PIS/PASEP em 2023?

O primeiro passo para saber se foi incluso no grupo que vai receber o PIS/PASEP 2023 é certificar-se de que cumpriu com todos os requisitos no ano-base 2021. Ou seja, é preciso ter preenchido as regras abaixo dentro do ano de 2021.

  • Ter trabalhado por no mínimo 30 dias com carteira assinada;
  • Trabalhado para empregadores que contribuem para o PIS e PASEP;
  • Ter gerado o número do PIS ou estar incluso no CNIS há no mínimo cinco anos;
  • Ter recebido no máximo dois salários mínimos no ano base;
  • Estar com os dados corretos e informados pelo empregador na declaração do RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Qual valor liberado no PIS/PASEP em 2023

O valor liberado no PIS/PASEP em 2023 vai depender de quantos meses foram trabalhados no ano-base. Quanto maior o tempo de serviço, maior o valor recebido no abono salarial. Funciona assim:

  • Teto: R$ 1.320 – quantia igual ao salário mínimo;
  • Piso: R$ 110 – quantia igual a 1/12 do salário mínimo.

Recebem o piso quem atuou por 1 mês em 2021, e o teto aqueles que trabalharam por 12 meses. Para calcular basta considerar:

  • Número de meses trabalhados em 2021 x R$ 110 (1/12 do valor total) = valor do abono PIS/PASEP.

Onde consultar o saldo do PIS/PASEP

Interessados em saber se receberão o abono salarial em 2023, podem consultar o saldo do PIS/PASEP 2023 usando alguns canais. Além de descobrir se tem direito ao pagamento, esse método de consulta vai informar quanto será recebido nesse ano e a data.

App Carteira de Trabalho Digital

  • Acesse o App Carteira de Trabalho Digital e faça login;
  • Selecione a opção “Benefícios” e depois escolha “Abono salarial”;
  • Filtre a busca pelo ano base “2021”;
  • Tenha acesso ao valor que será pago e a data.

PIS – iniciativa privada

  • App Caixa Tem;
  • Agências Caixa;
  • Casas lotéricas.

PASEP – servidores públicos

  • App BB PASEP;
  • Agências BB;
  • Correios.

O saque fica disponível nos mesmos canais de consulta, e pode ser feito a qualquer momento, sempre seguindo o calendário. Para o recebimento presencial será preciso apresentar um documento oficial com foto para reconhecimento do trabalhador.

Calendário de pagamentos do PIS/PASEP 2023

A partir de fevereiro os trabalhadores passam a receber o abono PIS/PASEP 2023 conforme o calendário de pagamentos. Para o PIS vale o mês de nascimento do trabalhador, e para o PASEP o final do número do benefício.

Ao portal Brasil 61, o economista Renan Gomes De Pieri, acredita que injetar esse tipo de abono na economia é benéfico em vários sentidos. Principalmente para o setor de serviços que acabam faturando nesse período.

PIS

NASCIDOS EM

RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
JANEIRO E FEVEREIRO 15/02/2023 28/12/2023
MARÇO E ABRIL 15/03/2023 28/12/2023
MAIO E JUNHO 17/04/2023 28/12/2023
JULHO E AGOSTO 15/05/2023 28/12/2023
SETEMBRO E OUTUBRO 15/06/2023 28/12/2023
NOVEMBRO E DEZEMBRO 17/07/2023 28/12/2023

PASEP

FINAL DA INSCRIÇÃO RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
0 15/02/2023 28/12/2023
1 15/03/2023 28/12/2023
2 e 3 17/04/2023 28/12/2023
4 e 5 15/05/2023 28/12/2023
6 e 7 15/06/2023 28/12/2023
8 e 9 17/07/2023 28/12/2023

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com