Vale a pena fazer cursos à distância? Eles são reconhecidos pelo mercado?

Pandemia intensificou um fenômeno que já vinha acontecendo, a expansão dos cursos à distância. O principal fato dessa maior procura é a praticidade de estudar quando se tem tempo. Mas, será que eles realmente valem a pena? Confira agora!

Vale a pena fazer cursos à distância? Eles são reconhecidos pelo mercado?
Vale a pena fazer cursos à distância? Eles são reconhecidos pelo mercado? (Imagem: FDR)

Ano novo e se qualificar é a meta de centenas de brasileiros que desejam conquistar uma vida melhor. Os cursos à distância são uma alternativa bastante procurada no país, principalmente após a pandemia que intensificou o uso de ferramentas tecnologias na área de educação.

Segundo dados do Censo da Educação Superior 2021 divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) no início de novembro do ano passado, entre 2011 e 2021 houve um aumento de 474% no número de pessoas que optaram pelos cursos nessa modalidade.

Por outro lado, nesse mesmo período o número de pessoas que escolheu cursos presenciais reduziu em 23,4%

Em 2011, os ingressos em cursos EaD correspondiam a 18,4% do total, em 2021, esse percentual subiu para 62,8%.

Vale a pena fazer cursos à distância?

Alguns pontos acabam atraindo cada vez mais pessoas para essa modalidade de ensino, entre eles:

  1. Custo benefício, pois, cursos EAD geralmente têm mensalidades mais baratas;
  2. Maior liberdade, por se tratar de uma formação em que você não precisa sair de casa, geralmente é possível ter uma maior liberdade durante a realização do curso;
  3. Redução de gastos, justamente por não precisar sair de casa, você acaba não gastando com transporte ou alimentação extra.
  4. Estude no seu tempo, com os cursos EAD você tem a possibilidade de estudar quando tem tempo disponível, até porque muitas vezes as aulas são assíncronas (gravadas) ficando disponíveis para acesso.

Por outro lado, essa modalidade também tem algumas desvantagens, como as distrações, necessidade de planejamento de muita disciplina, problemas técnicos (como a qualidade da conexão com a internet, problemas com os computadores, entre outros).

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a nossa editoria de Carreiras.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.