Calendário do PIS/PASEP 2023 é atualizado. Veja quem recebe em fevereiro

O prazo de recebimento do abono salarial ano base 2020 terminou no último dia 29 de dezembro de 2022, e agora inicia a contagem regressiva para o início do calendário do PIS/PASEP 2023. Conforme aprovado recentemente pelo Condefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador), o período para saque da quantia nesse ano está marcado para fevereiro.

Calendário do PIS/PASEP 2023 é atualizado. Veja quem recebe em fevereiro
Calendário do PIS/PASEP 2023 é atualizado. Veja quem recebe em fevereiro (Imagem: FDR)

Ano novo, calendário do PIS/PASEP 2023 novo também. Diferente de 2022 quando a Caixa Econômica e o Banco do Brasil repassaram os recursos referentes ao abono salarial no período de um mês, de fevereiro a março, dessa vez o cronograma se estende ao longo dos próximos cinco meses. Como de costume, no PIS vale o mês de nascimento do beneficiário, e no PASEP vale o número do benefício. 

Pelo menos R$ 24,4 bilhões estão reservados para o pagamento do abono PIS/PASEP de 2023. A expectativa é de que 23 milhões de trabalhadores cumpram com os requisitos e sejam beneficiados com o crédito, recebendo mínimo de R$ 110 e máximo de R$ 1.320, conforme o número de meses trabalhados no ano base.

Como em 2020 o cronograma de contemplados por esse benefício precisou ser reorganizado, o calendário do PIS/PASEP 2023 é referente ao ano base 2021. Ou seja, recebem todos aqueles que trabalharam no ano de 2021, desde que tenham cumprido com todos os demais requisitos de acesso.

Quem foi incluso no calendário do PIS/PASEP 2023?

Diante da reforma que aconteceu no programa em 2020, sendo necessário reorganizar o calendário de pagamentos, já que naquele ano não houve repasse dos valores, algumas mudanças aconteceram. Era costume que o ano de pagamento liberasse o abono referente ao que foi trabalhado no ano anterior, mas isso mudou.

Por tanto, para ser incluso no calendário do PIS/PASEP 2023 é preciso ter cumprido os requisitos abaixo no ano de 2021:

  • Ter trabalhado por no mínimo 30 dias com carteira assinada;
  • Ter ganho no máximo dois salários mínimo;
  • Ter sido incluso na declaração de RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) criada pela empresa;
  • Estar trabalhando há no mínimo cinco anos com carteira assinada, tendo emitido o PIS.

Para ter certeza que foi realmente incluso nesse lote de pagamentos, basta acessar o App Carteira de Trabalho Digital e fazer a busca informando o ano base 2021.

Calendário do PIS/PASEP 2023

Confira quais grupos começam recebendo o PIS/PASEP em 2023.

PIS (Programa de Integração Social)

MÊS DE NASCIMENTO RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
JANEIRO 15 DE FEVEREIRO 28 DE DEZEMBRO
FEVEREIRO 15 DE FEVEREIRO 28 DE DEZEMBRO
MARÇO 15 DE MARÇO 28 DE DEZEMBRO
ABRIL 15 DE MARÇO 28 DE DEZEMBRO
MAIO 17 DE ABRIL 28 DE DEZEMBRO
JUNHO 17 DE ABRIL 28 DE DEZEMBRO
JULHO 15 DE MAIO 28 DE DEZEMBRO
AGOSTO 15 DE MAIO 28 DE DEZEMBRO
SETEMBRO 15 DE JUNHO 28 DE DEZEMBRO
OUTUBRO 15 DE JUNHO 28 DE DEZEMBRO
NOVEMBRO 17 DE JULHO 28 DE DEZEMBRO
DEZEMBRO 17 DE JULHO 28 DE DEZEMBRO

PASEP ( Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público)

FINAL DA INSCRIÇÃO RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
0 15 DE FEVEREIRO 28 DE DEZEMBRO
1 15 DE MARÇO 28 DE DEZEMBRO
2 17 DE ABRIL 28 DE DEZEMBRO
3 17 DE ABRIL 28 DE DEZEMBRO
4 15 DE MAIO 28 DE DEZEMBRO
5 15 DE MAIO 28 DE DEZEMBRO
6 15 DE JUNHO 28 DE DEZEMBRO
7 15 DE JUNHO 28 DE DEZEMBRO
8 17 DE JULHO 28 DE DEZEMBRO
9 17 DE JULHO 28 DE DEZEMBRO

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com