Pix deve ter estas novidades em 2023

Em decorrência da greve dos servidores do Banco Central entre os meses de abril e julho deste ano, a agenda de inovações preparada pela entidade teve que ser repensada. Por conta disso, as novas funcionalidades do PIX e testes pilotos do real digital acabaram ficando para o ano novo. 

Quadrilha do PIX tem estratégia DESMASCARADA. Confira como criminosos agiam
Quadrilha do PIX tem estratégia DESMASCARADA. Confira como criminosos agiam (Imagem: Montagem/FDR)

Logo na primeira segunda-feira do ano, dia 2, começam a vigorar as novas regras do PIX. Na agenda para 2023, ainda constam melhorias para a segurança do sistema de pagamentos.

A prioridade do Banco Central em 2023 será o desenvolvimento do PIX Automático, função de débito automático em conta. O objetivo desta novidade é o de facilitar o pagamento através do PIX de faturas periódicas, como contas de consumo de luz, água e demais serviços, como mensalidade de cursos, academia, assinaturas de streaming, entre outras.

De acordo com o chefe adjunto do departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do BC, Carlos Eduardo Brandt, o detalhamento técnico para o desenvolvimento efetivo da função de débito automático do PIX ainda não foi feito.

“A gente ainda não teve condição de ter segurança de quando vai conseguir percorrer todo o processo para lançar um produto que seja bem desenhado, maduro, que seja implementado por todos. Qualquer produto exige implementações por parte do BC e de todos os participantes do Pix”, disse ele a Folha de São Paulo.

Também é previsto pelo BC um novo dispositivo para sinalizar fraudes. Atualmente, as contas sob suspeita de uso indevido recebem uma marcação no sistema. A partir da mudança, a identificação será aplicada sobre os CPFs e CNPJs dos titulares dessas contas.

Mudanças no PIX em 2023

De acordo com o BC, estas mudanças tem o objetivo de trazer mais segurança e flexibilidade aos milhões de brasileiros que já aderiram à ferramenta.

Os bancos, a partir destas novas regras, não serão obrigados a estabelecer um limite de valor por transação, devendo somente determinar um limite por período de tempo. Agora será uma opção dos bancos dar a possibilidade de customizar o horário noturno, quando o cliente pode pedir uma redução de limite. Em geral, a mudança acontece entre as 20h e 6h, mas será possível que os bancos deem a possibilidade do cliente alterar para 22h e 6h.

Uma outra mudança acontece nas duas modalidades do PIX. O valor limite para retirada de dinheiro pelo PIX Saque e pelo PIX Troco foi ampliado.

  • O limite durante o dia passa de R$ 500 para R$ 3 mil
  • Durante a noite, sobe de R$ 100 para R$ 1 mil

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.