PIS/PASEP: Quem pode sacar os mais de R$ 370 milhões ainda disponíveis?

Um saldo de R$ 370 milhões ainda estão disponíveis para saque por meio do PIS/PASEP. O valor é liberado pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo Banco do Brasil (BB) aos cidadãos que trabalharam formalmente em 2020

PIS/PASEP: Quem pode sacar os mais de R$ 370 milhões ainda disponíveis?
PIS/PASEP: Quem pode sacar os mais de R$ 370 milhões ainda disponíveis? (Imagem: FDR)

O PIS/PASEP ano-base 2020 paga quantias que podem chegar a R$ 1.212. Originalmente, o abono salarial foi liberado no calendário anual que vigorou entre os meses de fevereiro e março de 2022.

Excepcionalmente neste ano, foram liberados saques retroativos do benefício. Desta forma, o PIS/PASEP de 2020 pode ser resgatado pelos beneficiários até esta quinta-feira, (29). Quem não reaver os valores na data mencionada, terá que esperar até o calendário de 2023, previsto para começar no dia 15 de fevereiro.

Até o momento, foram contabilizados 441 mil funcionários de empresas públicas e privadas que ainda não reaveram o abono salarial. De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), um montante de R$ 387 milhões ainda podem ser sacados através do PIS/PASEP

Deste total, R$ 108,3 milhões fazem parte do Programa de Integração Social (PIS), destinado aos trabalhadores de empresas privadas. O saldo de R$ 218,5 milhões se refere ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), direcionado aos servidores públicos

Os valores podem ser retirados através da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Banco do Brasil (BB), respectivamente. Destacando que o PIS/PASEP está na ativa desde o ano de 1970. Contudo, apesar da denominação unificada com o passar do tempo, trata-se de programas distintos, conforme mencionado acima. 

Quem terá acesso ao PIS/PASEP?

Para receber o PIS/PASEP, o trabalhador precisa constatar o direito ao abono salarial no ano de referência, neste caso, 2022. Em todo o caso, as regras de elegibilidade não foram alteradas nos últimos anos. Sendo assim, é preciso estar de acordo com os seguintes critérios:

  • Estar inscrito nos programas do PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos; 
  • Ter trabalhado com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias consecutivos ou não; 
  • Ter recebido até dois salários mínimos;
  • Ter os dados trabalhistas devidamente informados e atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). 

Como solicitar o PIS/PASEP 2022?

O beneficiário pode realizar a solicitação presencialmente, por e-mail ou por aplicativo:

  • Saque presencial: é preciso comparecer a uma das unidades de atendimento do Ministério do Trabalho e Previdência, onde o beneficiário deverá pedir a abertura de recurso administrativo para reenvio do valor à Caixa (PIS) ou ao Banco do Brasil (PASEP);
  • E-mail: o pedido de recurso deverá ser enviado para trabalho.uf@economia.gov.br — no endereço eletrônico, é preciso substituir as letras “uf” pela sigla do estado no qual o trabalhador reside, como “rj”, no caso do Rio de Janeiro.
  • Telefone: Canal “Alô Trabalho”, através do número 158;
  • Aplicativo: Carteira de Trabalho Digital (Android/iOS);
  • Site: Ministério do Trabalho e Previdência.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.