PIS/PASEP 2023: Consulte seu saldo pelo aplicativo do Banco do Brasil e Caixa Econômica

Pontos-chave
  • Calendário e valor do PIS/PASEP 2023 ainda não foram definidos pelo Governo Federal;
  • Beneficiários podem consultar o abono salarial pelas plataformas digitais do Banco do Brasil e Caixa Econômica;
  • Enquanto PIS é pago a funcionário de empresa privada, PASEP é destinado a servidores públicos.

O ano não acabou, mas a expectativa para receber os benefícios liberados nesta época. O PIS/PASEP 2023 é um deles. O abono salarial é viabilizado uma vez ao ano pelo Banco do Brasil (BB) e pela Caixa Econômica Federal (CEF)

PIS/PASEP 2023: Consulte seu saldo pelo aplicativo do Banco do Brasil e Caixa Econômica
PIS/PASEP 2023: Consulte seu saldo pelo aplicativo do Banco do Brasil e Caixa Econômica. (Imagem: FDR)

Apesar da ansiedade pelo recebimento do PIS/PASEP 2023, o valor e calendário de pagamentos ainda não foram definidos. As expectativas também se referem ao atraso no cronograma em virtude da pandemia da Covid-19.

Na época, o benefício foi suspenso para que a verba do PIS/PASEP 2023 fosse remanejada para o custeio do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm). O abono salarial é pago uma vez ao ano para os trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos

Assim como o reajuste anual do salário mínimo, o valor do PIS/PASEP 2023 também é atualizado no início de cada ano. A base utilizada para o cálculo é o piso nacional, que neste caso, equivale ao teto do benefício. 

Os pagamentos do PIS/PASEP 2023 são gradativos, formando uma tabela com base na quantidade de meses trabalhados. De acordo com a proposta de salário mínimo para 2023 apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro, o mínimo a ser recebido poderá ser R$ 108, e o máximo, R$ 1.302

No próximo ano, o calendário de pagamentos do PIS/PASEP 2023 pode sofrer algumas mudanças, deixando de ser semestral e passando a ser anual. Isso quer dizer que, o cronograma que tradicionalmente vigora entre julho de um ano a julho do outro, pode vigorar entre janeiro e dezembro.

Quem poderá receber o PIS/PASEP em 2023?

Para receber o PIS/PASEP, o trabalhador precisa constatar o direito ao abono salarial no ano de referência, neste caso, 2022. Em todo o caso, as regras de elegibilidade não foram alteradas nos últimos anos. Sendo assim, é preciso estar de acordo com os seguintes critérios:

  • Estar inscrito nos programas do PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos; 
  • Ter trabalhado com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias consecutivos ou não; 
  • Ter recebido até dois salários mínimos;
  • Ter os dados trabalhistas devidamente informados e atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). 

Valor do PIS/PASEP 2023

Considerando a proposta oficial de salário mínimo para 2023, o PIS/PASEP pode pagar os seguintes valores no ano que vem:

  • Um mês de trabalho – R$ 108;
  • Dois meses de trabalho – R$ 216;
  • Três meses de trabalho – R$ 324;
  • Quatro meses de trabalho – R$ 432;
  • Cinco meses de trabalho – R$ 540;
  • Seis meses de trabalho – R$ 648;
  • Sete meses de trabalho – R$ 756;
  • Oito meses de trabalho – R$ 864;
  • Nove meses de trabalho – R$ 972; 
  • Dez meses de trabalho – R$ 1.080;
  • Onze meses de trabalho – R$ 1.188;
  • Doze meses de trabalho – R$ 1.302.

Pagamento do PIS/PASEP 2023

PIS

  • Por crédito em conta, quando o trabalhador possui conta corrente, poupança ou Poupança Social Digital;
  • Nos caixas eletrônicos, nas Casas Lotéricas e nos Correspondentes CAIXA Aqui utilizando o Cartão do Cidadão;
  • Em agência da CAIXA, apresentando o número do PIS e um documento oficial de identificação.

Pasep

  • Os pagamentos do abono salarial são realizados com crédito em conta para os correntistas e poupadores do BB;
  • Os correntistas das demais instituições financeiras podem encaminhar TED para conta de sua titularidade via TAA ou WEB;
  • Os demais podem efetuar o saque em agências do Banco do Brasil, mediante a apresentação de um documento oficial de identificação.

Consulta do PIS/PASEP 2023

PIS

O Programa de Integração Social (PIS) é viabilizado pela Caixa Econômica aos funcionários de empresas privadas. Sua consulta pode ser feita pelo aplicativo Caixa Trabalhador. Para isso, basta seguir este passo a passo:

  1. Primeiro, baixe o aplicativo Caixa Trabalhador no seu celular (Google Play ou App Store);
  2. Abra o app e clique em “Acessar”, informe seu CPF e, depois, clique em “Próximo”;
  3. Caso não tenha cadastro, realize as etapas do Cadastramento de Usuário, informando todos os dados solicitados, e crie uma senha de acesso;
  4. Um e-mail de verificação com instruções para ativar a conta será encaminhado a você. Portanto, localize-o na sua caixa de e-mail;
  5. Após ter o e-mail verificado, feche o app e abra-o novamente com a senha criada;
  6. Clique no menu no canto superior esquerdo da tela e selecione a opção “Meu NIS” para consultar o número do NIS (o PIS é o mesmo número do NIS).

PASEP

Se o participante é vinculado ao PASEP pode consultar seu saldo por meio da opção “Consulte seu PASEP” ou solicitar essa informação por meio da Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos seguintes telefones: 4004-0001 ou 0800 729 0001. Ou por meio do Alô trabalhador – Telefone 158.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.