Três impostos que podem ser pagos com desconto usando parcela do 13° salário

Pontos-chave
  • O pagamento do 13° salário acontece ainda neste mês;
  • Quem ainda não sabe como usar a quantia tem três impostos importantes que pode quitar;
  • Usando a calculadora do 13° é possível descobrir quanto vai receber neste ano.

A primeira parcela do 13° salário será paga até o dia 30 de novembro, essa é a regra estabelecida pela CLT (Consolidação de Leis Trabalhistas). Este primeiro pagamento é de 50% do valor do salário bruto, enquanto a segunda parcela que será depositada até 20 de dezembro conta com desconto. Essa quantia adicional pode servir para quitar importantes impostos que pesam no orçamento das famílias brasileiras.

Três impostos que podem ser pagos com desconto usando parcela do 13° salário
Três impostos que podem ser pagos com desconto usando parcela do 13° salário (Imagem: FDR)

Todos aqueles que trabalham com registro em carteira têm direito de receber o 13° salário. Aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) também têm direito a esse pagamento, mas já receberam no primeiro semestre do ano. Quem passou a receber algum benefício previdenciário depois de maio deste ano, terão acesso ao valor em parcela única em novembro.

A quantia é vista como uma oportunidade que os brasileiros possam quitar as contas, investir nas festas de fim de ano, e usufruir para o uso pessoal. Uma pesquisa feita pelo Ipead/UFMG, mostrou que nesse ano os moradores de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, não estão tão otimistas com o cenário econômico.

Pelo menos 51,9% dos consumidores ouvidos vão receber o 13º neste ano, enquanto 37,6% pretendem pagar contas atrasadas e quitar dívidas, outros 28,4% querem poupar o dinheiro. A expectativa de viajar é de 2,75% dos entrevistados, o menor patamar ainda considerando o ano de pandemia da Covid-19.

Use o 13° salário para pagar o IPTU

A cobrança do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) é obrigatória em todos os municípios brasileiros. Devem pagá-lo todos os anos aqueles que são proprietários de imóveis localizados na zona urbana da cidade. O valor do imposto depende do tamanho da propriedade, quanto maior e melhor localizado o imóvel mais caro é o tributo.

A quantia pode ser paga em parcelas, mas as prefeituras costumam oferecer desconto entre 3% e 10% para quem pagar à vista. Esta é uma boa alternativa de pagamento usando o 13° salário dos trabalhadores, porque pode diminuir consideravelmente o valor a ser pago neste imposto.

Pagamento do IPVA à vista diminui valor

Proprietários de veículos automotivos têm por obrigação pagar anualmente o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). A quantia cobrada varia dependendo do tipo do veículo, ano de fabricação, marca e especificações. O imposto é cobrado para carros, motos, caminhões, ônibus, vans, entre outros.

Para definir o valor cobrado é usado como referência a tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Os estados dão ao proprietário algumas formas de pagamento, como à vista e na opção parcelado. Quem tem dinheiro em mãos consegue pagar mais barato no IPVA quando faz a quitação em cota única. 

O valor do desconto varia dependendo do estado, mas pode ultrapassar 10% em algumas regiões. As cobranças começam logo em janeiro, por isso a liberação do abono do 13° salário é uma boa alternativa para quitar essa cobrança. Quem não paga o IPVA leva multa e pode ter o seu veículo apreendido.

QUEM VAI RECEBER O 13º SALÁRIO DO INSS EM NOVEMBRO? VEJA AS DATAS, REGRAS E VALOR DA PARCELA ÚNICA

Quite o licenciamento usando o 13° salário

Além do IPVA, o pagamento da taxa de licenciamento anual é obrigatório para proprietários de veículos e tão importante quanto o outro imposto. Na verdade, para muitos ela é considerada ainda mais importante porque permite a renovação da CRLV (Certificado de Registro de Licenciamento). 

Transitar com o CRLV atrasado gera multa para o veículo, para o proprietário e pode apreender o automóvel. Além da taxa de renovação que custa menos que R$ 200 na grande maioria dos estados, ao licenciar o automóvel o proprietário também quita todos os débitos vinculados ao Renavam do veículo. Por exemplo: multas, taxas de anos anteriores e o próprio IPVA.

Por isso, quem pegou multa no ano de 2022 e sabe que o licenciamento de 2023 vai ficar mais caro, poderá contar com 13° salário para quitar esse débito. Este imposto não pode ser parcelado e não tem desconto. 

Quanto será pago de 13° salário

O cálculo para entender quanto será pago de 13° salário é bem simples:

Vale lembrar que o valor será dividido por dois, e na segunda parcela ainda vai haver o desconto do INSS e do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física). Para visualizar melhor quanto vai receber, use a calculadora do FDR.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile