INSS anuncia reajuste no valor dos seus salários. Simule AGORA quanto irá receber em 2023

Com o final do ano de 2022 se aproximando, as especulações sobre reajuste de vários valores no próximo ano começam a tomar força. Neste caso, os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem celebrar um aumento em seus benefícios, porém, o valor está abaixo das expectativas de crescimento iniciais.

INSS anuncia reajuste no valor dos seus salários. Simule AGORA quanto irá receber em 2023
INSS anuncia reajuste no valor dos seus salários. Simule AGORA quanto irá receber em 2023 (Imagem: FDR)

Passando pela mesma taxa de reajuste do salário mínimo vigente no país, os benefícios pagos aos contribuintes pela Previdência Social deverão ter um aumento no próximo ano. O aumento de ambos os valores segue a previsão de crescimento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Apesar do aumento estar previsto, ele não deve cumprir as expectativas firmadas inicialmente. A taxa esperada por especialistas era que o INPC acabasse o ano em 7,41%. Mas agora, faltando menos de 3 meses para o final de 2022, a previsão foi diminuída para 6,54%, uma diferença de quase 1% nas possibilidades de aumento do salário mínimo e no valor dos benefícios. 

Os valores ainda não são definitivos, mas mantida essa expectativa, o salário mínimo abandona a possibilidade de custar R$ 1.302 em janeiro do ano que vem, para ficar em cerca de R$ 1.292 para os trabalhadores que recebem o piso. E os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social seguem no mesmo patamar. 

Aumento sem poder de compra para o beneficiário do INSS

Essa mudança no valor pago aos beneficiários não significa que o dinheiro pode ser considerado como um extra para outros gastos. Na verdade, esse acréscimo é apenas o suficiente para cobrir os valores da inflação, e manter a possibilidade de compra como está no presente. 

A alta no preço dos insumos básicos utilizados pela população brasileira ainda será um calo para os aposentados e pensionistas. Afinal de contas, o poder de compra do brasileiro está perdendo para a escalada dos preços no mercado. Alguns alimentos, como o limão, registraram uma variação de mais de 400% em seu preço no decorrer deste ano

Tanto quem depende de benefícios da Previdência Social, quanto os trabalhadores que recebem apenas um salário mínimo sofrem com a diminuição da expectativa no INPC contra os preços inflacionados. Quem recebe o benefício mínimo e também o Benefício de Prestação Continuada (BPC) serão pagos no valor do piso salarial.

Já para os aposentados que recebem o teto do INSS, a expectativa de reajuste significa que o valor pago poderá subir de R$7.087 para R$7.540 no próximo ano. O valor definitivo do INPC, que regula esses reajustes, será definido até dezembro. Com esse número em mãos, poderá ser calculado o real valor dos benefícios para 2023.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Thaisa JatobáThaisa Jatobá
Jornalista e pós-graduada em áudio visual pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagem por jornais impressos como a Folha de Pernambuco e o Diario de Pernambuco.