PREÇO da GASOLINA fica abaixo de R$ 6 com queda de 17%; veja o ranking por estado

Pontos-chave
  • A ANP analisou o valor médio da gasolina na semana de 17 a 23 de julho;
  • Foi divulgada a lista do valor médio cobrado pelo produto em todos os estados brasileiros;
  • A Agência também contabilizou as cidades com menor e maior valor cobrado pelo produto.

De acordo com os dados divulgados pela ANP (Agência Nacional de Petróleo), no mês de julho houve redução de 17,4% no preço médio da gasolina. O motivo é a diminuição na cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), imposto estadual que é aplicado sobre o produto.

publicidade
PREÇO da GASOLINA fica abaixo de R$ 6 com queda de 17%; veja o ranking por estado
PREÇO da GASOLINA fica abaixo de R$ 6 com queda de 17%; veja o ranking por estado (Imagem: FDR)

Ainda em junho a Câmara dos Deputados aprovou um projeto que limita a alíquota de cobrança do ICMS sobre combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. Por se tratar de um tributo estadual, fica sob responsabilidade dos governos locais determinar o peso desta cobrança. O que refletiu no valor final da gasolina e demais produtos.

No texto aprovado pela Câmara, ficou proibida a cobrança superior a 17% ou 18% dependendo da localidade. Logo os estados passaram a anunciar a redução do imposto, o que por consequência tornou mais barato o litro do combustível. Além disso, os impostos federais (PIS/Cofins) foram zerados até o fim do ano.

publicidade

De acordo com a Petrobras, o valor final da gasolina é formado pela soma de: Distribuição e Revenda, Custo Etanol Anidro, Imposto Estadual, Impostos Federais e Parcela Petrobras.

Logo, qualquer alteração feita em impostos tem impacto direto no produto. A Petrobras também anunciou redução de R$ 0,20 o valor do litro da gasolina para as distribuidoras. Passando de R$ 4,06 para R$ 3,86. 

Reflexo da diminuição de impostos nas bombas

No fechamento da semana passada, de 17 a 23 de julho, a ANP contabilizou o preço médio da gasolina em R$ 5,89 o litro nos postos de gasolina. Um mês antes, segunda a própria agência, o valor do produto era de R$ 7,13 para o consumidor final.

Quando comparada com a pesquisa feita na semana de 10 a 16 de julho, a diminuição foi de 3%. Naquela semana o produto foi encontrado por R$ 6,07 nos postos de gasolina, em média.

Ainda considerando a semana passada (17 a 23 de julho), o estado do Amapá foi o que ofereceu o menor valor da gasolina. O litro foi encontrado a R$ 5,27, sendo que o mínimo encontrado para o produto foi de R$ 5,12 no mesmo estado.

Por outro lado, o preço médio do litro do combustível mais caro foi encontrado no estado do Rio Grande do Norte. Por lá, a média encontrada pelos consumidores é de R$ 6,35 por litro, enquanto a máxima vista no estado foi de R$ 6,59 na semana pesquisada pela ANP.

publicidade

Além disso, a agência também contabiliza o valor médio encontrado no valor do produto em todos os estados, e quais as cidades que apresentam o menor preço. Alguns fatores influenciam neste resultado, como o frete para transporte do produto e a margem de lucro do posto.

Valor da gasolina por estado

Segundo a ANP, a média cobrado no litro do produto nos estados, entre 17 e 23 de julho foi de:

  • Amapá: R$ 5,27;
  • Mato Grosso do Sul: R$ 5,54;
  • Distrito Federal: R$ 5,62;
  • Goiás: R$ 5,66;
  • Sergipe: R$ 5,76;
  • Minas Gerais: R$ 5,76;
  • São Paulo: R$ 5,78;
  • Paraná: R$ 5,78;
  • Paraíba: R$ 5,80;
  • Rio Grande do Sul: R$ 5,80;
  • Santa Catarina: R$ 5,82;
  • Rondônia: R$ 5,89;
  • Mato Grosso: 5,90;
  • Alagoas: R$ 5,92;
  • Pará: R$ 5,96;
  • Espírito Santo: R$ 5,97;
  • Rio de Janeiro: R$ 5,98;
  • Amazonas: R$ 6,06;
  • Ceará: R$ 6,13;
  • Acre: R$ 6,14;
  • Tocantins: R$ 6,17;
  • Pernambuco: R$ 6,20;
  • Bahia: R$ 6,21;
  • Piauí: R$ 6,21;
  • Maranhão: R$ 6,24;
  • Roraima: R$ 6,25;
  • Rio Grande do Norte: R$ 6,35.
publicidade

Cidades com menor e maior valor do combustível

Ainda considerando a gasolina, a ANP viu que o menor valor deste combustível foi encontrado na cidade de Passos em Minas Gerais. Por lá, o produto é oferecido por R$ 5,09, enquanto Altamira no Pará tem a maior cobrança com R$ 7,75 por litro.

Cidades com a gasolina mais barata:

  • Passos (MG): R$ 5,09;
  • Macapá (AP): R$ 5,12;
  • Santana (AP): R$ 5,12;
  • Sorocaba (SP): 5,19;
  • Salto (SP): R$ 5,19;
  • Cosmópolis (SP): R$ 5,19;
  • Marília (SP): R$ 5,20;
  • Bauru (SP): R$ 5,22;
  • Aparecida de Goiânia (GO): R$ 5,24;
  • Campo Grande (MS): R$ 5,24.
publicidade

Cidades com a gasolina mais cara:

  • Altamira (PA): R$ 7,75;
  • Tefé (AM): R$ 7,60;
  • São Paulo (SP): R$ 7,49;
  • Balsas (MA): R$ 7,49;
  • Araripina (PE): R$ 7,43;
  • Salgueiro (PE): R$ 7,31;
  • Pinheiro (MA): R$ 7,29;
  • Barra do Corda (MA): R$ 7,12;
  • Juazeiro do Norte (CE): R$ 7,05.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.