Veja como o NOVO VALOR do ICMS em SP pode REDUZIR os preços dos COMBUSTÍVEIS

Nova redução no ICMS é anunciada pelo governo de São Paulo. O governador do estado, Rodrigo Garcia (PSDB), comunicou na última segunda-feira (18), o corte da alíquota do etanol que passa de 13.3% para 9.57%. Aos poucos a medida deve chegar aos postos, afetando os preços dos combustíveis.

publicidade
Etanol é mais vantajoso APENAS nestes dois estados
Redução no ICMS do Etanol é anunciada em São Paulo.
(Imagem: FDR)

A expectativa é de que a redução implique em uma baixa de R$ 0,17 no preço do litro do etanol na bomba. Em 27 de junho, o estado diminuiu o ICMS sobre a gasolina de 25% para 18%. A queda nos preços nos postos foi acontecendo de maneira gradual.

Redução no ICMS do Etanol é anunciada em São Paulo

Após estabelecer a medida, Rodrigo Garcia utilizou o Twitter para falar da redução. O governador reforçou a necessidade dos postos de apresentarem a redução dos preços do etanol afirmando que os consumidores devem estar de olho.

publicidade

Na redução do imposto sobre a gasolina, feita em junho, os postos levaram entre três a cinco dias para esgotarem o estoque de combustível para que fossem comprados já com os novos preços e assim repassar a redução para os clientes na bomba.

Preço do etanol deve cair em alguns estados

Além de São Paulo, pelo menos outros quinze estados e o Distrito Federal anunciaram na última segunda à redução da alíquota do ICMS sobre o etanol, sendo eles: Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, São Paulo e Tocantins.

Diante da redução nestes estados, ao longo dos próximos dias o preço do etanol deve se tornar competitivo aos demais combustíveis. 

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os preços médios do etanol hidratado já vinham de uma queda importante nos 26 estados e no DF, na última semana, confira o preço médio de cada estado:

  • Acre: R$ 5,65;
  • Alagoas: R$ 5,35;
  • Amapá: R$ 6,01;
  • Amazonas: R$ 5,33;
  • Bahia: R$ 5,45;
  • Ceará: R$ 5,96;
  • Distrito Federal: R$ 5,16;
  • Espírito Santo: R$ 5,26;
  • Goiás: R$ 4,20; 
  • Maranhão: R$ 5,70;
  • Mato Grosso: R$ 3,91;
  • Mato Grosso do Sul: R$ 4,61;
  • Minas Gerais: R$ 4,56;
  • Para: R$ 5,86;
  • Paraíba: R$ 5,45;
  • Paraná: R$ 4,76;
  • Pernambuco: R$ 5,77;
  • Piauí: R$ 5,41;
  • Rio de Janeiro: R$ 5,00;
  • Rio Grande do Norte: R$ 5,90;
  • Rio Grande do Sul: R$ 5,76;
  • Rondônia: R$ 5,85;
  • Roraima: R$ 5,52;
  • Santa Catarina: R$ 5,56;
  • São Paulo: R$ 4,12;
  • Sergipe: R$ 5,50;
  • Tocantins: R$ 5,49;

*Preços registrados no levantamento semanal da ANP entre o período de 10/07 e 16/07.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.