AUXÍLIO de R$ 1 mil: caminhoneiros e taxistas são CONVOCADOS para fazerem seus CADASTROS

Com a aprovação da PEC das bondades, foi criado o auxílio de R$ 1 mil para caminhoneiros e taxistas. Seguindo o modelo que se popularizou nos últimos dois anos, os pagamentos serão efetuados através do Caixa Tem.

publicidade
Caminhoneiros e taxistas devem se cadastrar no CAIXA TEM para receber AUXÍLIO de R$ 1 mil
Caminhoneiros e taxistas devem se cadastrar no CAIXA TEM para receber AUXÍLIO de R$ 1 mil. (Imagem: FDR)

O Caixa Tem é a conta poupança social digital criada em 2020 para unificar os pagamentos do auxílio emergencial. Desde então a adesão aos serviços se tornou abrangente, e não se limita apenas ao pagamento do auxílio de R$ 1 mil para caminhoneiros e taxistas

Pela conta poupança social digital também é possível receber o Auxílio Brasil de R$ 600, o Vale Gás de R$ 120, o abono salarial e o seguro desemprego. A PEC das bondades deve ser promulgada até o final desta sexta-feira (25), indicando a necessidade de cadastro na plataforma para receber os valores. 

publicidade

É importante destacar que o Caixa Tem está disponível para download nos sistemas Android e iOS, através das lojas Play Store e App Store. Com o aplicativo instalado no celular, basta seguir este passo a passo para concluir o cadastro:

  1. Baixe o app Caixa Tem (Android | iOS);
  2. Durante seu primeiro acesso, toque em “Cadastre-se e abra sua conta”;
  3. Em seguida, informe alguns dados pessoais para abrir sua conta;
  4. Depois, confirme o reCAPTCHA para prosseguir;
  5. Feito isso, uma confirmação será enviada no seu e-mail;
  6. Acesse seu e-mail e confirme o cadastro para continuar;
  7. Por fim, basta enviar uma foto com documento de identificação e uma selfie.
  8. Após concluir o cadastro, basta informar seu CPF e senha de seis dígitos para acessar o Caixa Tem.

Auxílio Caminhoneiro no Caixa Tem

O Auxílio Caminhoneiro é uma criação exclusiva da PEC dos benefícios e prevê a concessão de R$ 1 mil em cinco parcelas, entre agosto e dezembro. A estimativa feita pelo Governo Federal é de que cerca de 900 mil caminhoneiros recebam a transferência de renda. 

Os profissionais da área que desejam recebê-lo precisarão estar cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC) e no projeto Transportador Autônomo de Carga (TAC), até 31 maio de 2022

Portanto, os caminhoneiros incluídos no sistema após essa data não serão habilitados para o recebimento do Auxílio Caminhoneiro de R$ 1 mil.  A concessão é exclusiva para transportadores autônomos, independentemente do número de veículos que possuam. Além do que, não será necessário comprovar a compra do óleo diesel no período de vigência do programa. 

Auxílio Taxista no Caixa Tem

O Auxílio Taxista também prevê um pagamento mensal aos profissionais da área, embora o valor do repasse ainda não tenha sido definido. No entanto, e previsão é para que sejam concedidos R$ 200 mediante um investimento na margem de R$ 2 bilhões

Em contrapartida aos critérios do Auxílio Caminhoneiro, os taxistas não devem possuir nenhum cadastro nacional, e sim, municipal. Técnicos do governo informaram que o cadastro para o Auxílio Taxista deve ser aberto em breve para que os motoristas apresentem a permissão para a prestação deste serviço. Serão aceitos os cadastros feitos somente até maio de 2022.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.