AUXÍLIO BRASIL: Governo AUMENTA o prazo de inscrições pelo CADASTRO ÚNICO; veja como fazer

Nessa quinta-feira (14), o Ministério da Cidadania divulgou novos prazos para atualização do Cadastro Único. Esta é a porta de entrada para receber o Auxílio Brasil. Devido as novidades anunciadas para o programa, centenas de pessoas lotaram os centros de assistência social a fim de atualizar seus dados.

publicidade
AUXÍLIO BRASIL: Governo AUMENTA o prazo de inscrições pelo CADASTRO ÚNICO; veja como fazer
AUXÍLIO BRASIL: Governo AUMENTA o prazo de inscrições pelo CADASTRO ÚNICO; veja como fazer (Imagem: FDR)

Além do Auxílio Brasil, por meio do Cadastro Único as famílias de baixa renda também podem ter acesso a outros benefícios sociais. Como a Tarifa Social, Benefício de Prestação Continuada (BPC), e salários oferecidos pelo governo estadual e municipal.

Para tanto, o governo federal por intermédio do Ministério da Cidadania tem solicitado que as famílias atualizem seu cadastro. Dois grupos devem seguir estes novos prazos, quem necessitam da revisão cadastral e aqueles que precisam fazer a averiguação cadastral.

publicidade

O objetivo do governo com essas atualizações é garantir que os benefícios sociais cheguem para quem realmente precisa. Além de conseguir reconhecer as condições de renda e vivência dos vulneráveis, a fim de contabilizar os elegíveis ao recebimento do Auxílio Brasil.

Aqueles que necessitam fazer a atualização estão sendo notificados por meio dos extratos de pagamento dos benefícios, ou nos postos de atendimento do CadÚnico das prefeituras.

Quando fazer a atualização no Cadastro Único

As famílias precisam estar atentas as regras para a atualização no Cadastro Único. Isso porque, situações especificas mostram quando o titular do benefício ou o representante familiar precisa ir até um centro de assistência social para corrigir os dados.

Cadastro desatualizado:

  • Famílias em que foi calculada, por alguma base de dados do governo, renda acima de meio salário mínimo (R$ 606,01 por pessoa). Caso possuam pelo menos um membro familiar com renda menor que esta, podem atualizar os dados;
  • Prazo: até agosto de 2022.

Cadastro atualizado:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
  • Famílias em que foi calculada, por alguma base de dados do governo, renda abaixo de meio de meio salário mínimo, e acima da linha da pobreza (entre R$ 210,01 e R$ 606,01 por pessoa). Caso possuam pelo menos um membro familiar com renda diferente que esta, podem atualizar os dados que não tenham sido feito nos últimos seis meses;
  • Prazo: até agosto de 2022.

Cadastro desatualizado entre 2016 e 2017:

  • Famílias que correm o risco de ter o bloqueio do Auxílio Brasil por falta de atualização;
  • Prazo: até outubro de 2022;
  • Famílias que correm o risco de ter o Auxílio Brasil ou Tarifa Social cancelado;
  • Prazo: até dezembro de 2022.
publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.