Novo auxílio emergencial de R$ 600 será concedido em 5 parcelas; saiba como receber

Pontos-chave
  • 'Auxílio Emergencial' de R$ 600 terá 5 parcelas;
  • reajuste do Auxílio Brasil de R$ 600;
  • "Pacote de bondades" do governo federal.

O novo auxílio emergencial de R$ 600 se refere às 5 parcelas do programa social do governo Bolsonaro, o Auxílio Brasil que terá um adicional de R$200 aos já concedidos R$ 400. Os repasses estão previstos para iniciar em agosto e devem ir até dezembro. O pagamento do novo Auxílio Brasil deve ser feito para às 18 milhões de famílias contempladas pelo benefício. 

publicidade
Novo auxílio emergencial de R$ 600 será concedido em 5 parcelas; saiba como receber (Imagem: FDR)
Novo auxílio emergencial de R$ 600 será concedido em 5 parcelas; saiba como receber (Imagem: FDR) (Imagem: FDR)

O reajuste no valor das parcelas está previsto na PEC dos Combustíveis, que garante ainda o aumento no valor do Vale Gás, recurso concedido a 5,7 milhões de brasileiros, e o voucher caminhoneiro, que pagará R$ 1 mil aos autônomos com o intuito de amenizar o impacto no bolso dos mais prejudicados pela alta do diesel.

Esforços do governo para a aprovação do Auxílio Brasil de R$ 600 

A PEC dos combustíveis reúne as medidas chamadas de “pacote das bondades” do governo federal que tenta impulsionar os programas sociais do governo Bolsonaro a menos de 100 dias das eleições. A proposta de emenda foi aprovada na última quinta-feira (30), passando inclusive por senadores da oposição. 

publicidade

Apesar de ainda precisar passar por votação no Congresso, a PEC não deve enfrentar resistência. O custo das medidas aos cofres da União deve ser de R$ 38,75 milhões. A proposta por meio de emenda tenta driblar a lei eleitoral que proíbe a criação de projetos do zero em ano eleitoral e foge também do teto de gastos prevendo prejuízos para a economia.

Reajuste emergencial do Auxílio Brasil 

O texto já aprovado no Senado prevê que o novo Auxílio Brasil de R$ 600 deve ser repassado aos beneficiários em 5 parcelas, valendo até dezembro de 2022. Para o anos de 2023, o Auxílio Brasil deve retornar às parcelas de R$ 400, como funcionam atualmente. Segundo o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), relator da proposta, a expectativa é de que o pagamento seja iniciado em agosto.

O caráter emergencial dado pelo atual governo para a aprovação da PEC e funcionamento das medidas propostas por ela, é uma tentativa de melhorar a imagem de Jair Bolsonaro com o eleitorado diante dos resultados negativos vistos em pesquisas de intenção de voto nos últimos meses. 

Apesar de ir contra a lei eleitoral e utilizar de estratégia para driblá-la, o governo Bolsonaro se ancora na necessidade de reduzir o impacto causado pela inflação no bolso do brasileiro de baixa renda. Com isso, o governo espera conseguir a aprovação dos parlamentares e a simpatia do eleitorado pouco antes das campanhas eleitorais tomarem um ritmo mais frenético

Vou receber o novo Auxílio Brasil de R$ 600?

O Auxílio Brasil é o programa do governo que substitui o Bolsa Família e contempla famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico. O novo e provisório valor de R$ 600 do benefício, se aprovado, deve ser destinado aos já contemplados pelo recurso.

A inscrição no CadÚnico pode ser feita no CRAS do seu bairro, através dela as famílias são direcionadas para o recebimento de diferentes programas sociais do governo de acordo com o perfil da sua família e deve ser realizada por um dos membros que será o representante familiar. Para o Auxílio Brasil, os requisitos são de que as famílias tenham em sua composição gestantes, mães que amamentam, crianças e adolescentes e jovens de até 21 anos incompletos. 

publicidade

O substituto do Bolsa Família é destinado às famílias em situação de extrema pobreza, aquelas que possuem renda per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00 e pobreza, as famílias que possuem renda per capita entre R$ 100,01 e R$ 200.

Os repasses do benefício são realizados mensalmente, de forma gradual de acordo com o número final do NIS do cidadão, sempre feitos nos últimos 10 dias do mês. Para agosto, quando está prevista a primeira parcela de R$ 600, a expectativa é que os pagamentos sejam feitos a partir do dia 18. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Caso o nome do beneficiário já esteja na folha de pagamento até lá, e o novo Auxílio Brasil seja realmente aprovado, o valor deve ser debitado para o representante familiar. 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.