Brasil cria 277 mil novos empregos formais em maio, mas saldo anual apresenta queda

País tenta se recuperar da crise econômica que enfrenta e que foi agravada pela pandemia. Aos poucos as empresas retomam as contratações, mas, o saldo de empregos formais abertos em relação ao número de fechados ainda preocupa os especialistas; confira os dados divulgados pelo Ministério do trabalho.

publicidade
Brasil cria 277 mil novos empregos formais em maio, mas saldo anual apresenta queda
Brasil cria 277 mil novos empregos formais em maio, mas saldo anual apresenta queda (Imagem: FDR)

Na última terça-feira, 28, o Ministério do Trabalho divulgou dados sobre a geração e o fechamento de postos de trabalho no Brasil, aos poucos o país tenta reinserir os profissionais no mercado de trabalho. Segundo os dados, foram abertos 277 mil postos de trabalho pelo país no mês de maio. No entanto, o que preocupa é que a diferença entre os postos abertos e fechados ainda é muito pequena:

  • 1,96 milhão de contratações;
  • 1,68 milhão de demissões.
publicidade

Os dados sobre a geração de empregos formais vêm sendo divulgados a cada mês, no comparativo com o mês de abril, o Brasil teve uma melhora.

Criação de empregos formais no Brasil

Para entender melhor esse caminho que o país tem percorridos é necessário observar os dados que vêm sendo divulgados pelo Ministério do Trabalho; confira:

  • Maio de 2021: 266,414
  • Junho de 2021: 316,629
  • Julho de 2021:
  • Agosto de 2021: 384,862
  • Setembro de 2021: 326,184
  • Outubro de 2021: 248,946
  • Novembro de 2021: 309,925
  • Dezembro de 2021: -287,556
  • Janeiro de 2022: 153,094
  • Fevereiro de 2022: 334,998
  • Março de 2022: 88,95
  • Abril de 2022: 197,443
  • Maio de 2022: 277,018

A metodologia de levantamento de dados foi modificada no ano passado, por isso, fazer a comparação com o ano de 2020 não é adequado, dizem os especialistas.

Segundo o governo, a previsão é gerar 1,5 milhão de empregos com carteira assinada ainda neste ano.

O setor de serviços foi o que mais contratou, com 120,294 milhares de vagas; quanto a região, o Sudeste foi quem mais abriu postos de trabalho, ao todo foram 147,846.

publicidade

Acumulado do ano

Segundo os dados, no período de janeiro a maio deste ano, 1,05 milhão de vagas formais de emprego foram abertas; esse número é menor que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram geradas 1,16 milhão de vagas.

No fechamento do mês de maio, o país tinha saldo de 41,7 milhões de empregos com carteira assinada. Isso representa aumento na comparação com abril deste ano (41,5 milhões) e com maio de 2021 (39,1 milhões).

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.