‘Tempos sombrios’ chegando? Para este especialista, EUA devem entrar em recessão este ano

Em entrevista ao Estadão, o economista-chefe da Dreyfus and Mellon e ex-diretor do Federal Reserve (o banco central americano), Vicent Reinhart, enxerga uma grande possibilidade de a economia dos Estados Unidos entrar em recessão no quarto trimestre de 2022 e permanecer assim ao longo de 2023.

publicidade

O principal motivo, segundo ele, seriam as altas na taxa de juros promovidas pelo Fed como forma de segurar a inflação, a maior no país nos últimos 40 anos. Vincent Reinhart acredita que a instituição cometeu um grande erro, especialmente o seu presidente Jerome Powell, ao elevar a taxa de juros em 0,75 na semana passada.

“Foi provavelmente um erro dentro do comitê do Federal Reserve. O Fed está bem atrás da curva, começou a subir os juros muito tarde e deveria ter sido mais agressivo no início deste processo. Mas, como a inflação está muito alta, o que já elevou as expectativas para os índices de preços, precisou agir com força e elevou a taxa mais do que o Banco Central do Brasil no mesmo dia“, comentou.

Reinhart, no entanto, acredita que a recessão que recairá sobre a economia americana será leve e que esta, inclusive, deve fechar 2022 com um crescimento expressivo.

publicidade

“Acredito que [a recessão] será leve, deverá começar no último trimestre deste ano e continuar no primeiro de 2023. Não será grave, inclusive porque o setor privado não enfrenta tantos desequilíbrios e poderá navegar bem durante tal período. O PIB dos EUA deverá crescer ao redor de 1,75% em 2022 e ficará estável no próximo ano, impactado pela recessão”, explicou.

Bank of America Securities vê baixo risco de recessão em 2022, mas 40% de risco em 2023

O Bank of America Securities, uma das principais instituições financeiras dos Estados Unidos, também expressou seus temores de uma recessão no país na semana passada, embora acredite que o impacto da inflação e da alta dos juros só se expresse realmente em 2023.

“Nossos piores temores em torno do Fed foram confirmados: eles ficaram muito atrás da curva e agora estão jogando um jogo perigoso de compensação”, escreveu o economista global do BofAS, Ethan Harris, em relatório de pesquisa divulgado na sexta (17). Ele também acredita que a taxa de juros americana deve superar os 4%.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

A instituição também revisou sua previsão de crescimento para a economia mundial em 2022. No início do ano, a previsão era de um crescimento de 4,3%. Agora, é de 3,2%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.