Apostar na queda do Bitcoin? Este novo investimento possibilita isso

Investidores de todo o mundo estão atentos à queda de valor do bitcoin nos últimos meses. De um pico de US$ 60 mil alcançado entre setembro e novembro de 2021, a criptomoeda é agora cotada na faixa dos US$ 20 mil, tendo batido os US$ 17 mil no último fim de semana.

publicidade

Em meio ao desespero e às perdas de quem tenta vender o bitcoin agora, uma provedora de ETF’s (fundos de investimento ligados a índices) dos Estados Unidos, a ProShares, lançou o primeiro ETF negociado em bolsa que aposta na queda de valor da criptomoeda.

O ProShares Short Bitcoin Strategy (BITI) terá retorno diário inverso ao que for apurado no Índice de Futuros de Bitcoin da Chicago Mercantile Exchange, bolsa de commodities e ativos futuros.

“O BITI oferece aos investidores que acreditam que o preço do bitcoin cairá a oportunidade de potencialmente lucrar ou proteger suas participações em criptomoedas”, relatou Michael Sapir, CEO da ProShares, em comunicado à imprensa.

publicidade

O executivo também disse acreditar que o novo ETF dará a oportunidade de muitos investidores expressarem (e lucrarem com) suas opiniões negativas em relação a criptomoedas.

“Achamos que há muitos investidores que têm uma visão de curto ou longo prazo de baixa do bitcoin e das criptomoedas em geral que não agiram de acordo com sua visão porque era muito difícil ou caro”, disse Sapir.

A ProShares é a mesma empresa que lançou em outubro do ano passado o Bitcoin Strategy ETF (BITO), primeiro ETF ligado ao bitcoin a ser negociado em uma bolsa americana. Diferente do mais novo investimento, no entanto, o BITO foi lançado no auge da criptomoeda e dá retorno equivalente à sua valorização.

Bitcoin vai cair mais?

ETF’s ligados ao bitcoin tiveram desempenhos diversos nos últimos dias. O maior deles, o Purpose Bitcoin ETF, que é listado na bolsa do Canadá, teve uma retirada recorde de recursos na sexta-feira (17), com 24.510 BTC sendo resgatados num único dia. Esse evento, muito provavelmente, foi a grande causa para a queda da criptomoeda para US$ 17 mil no sábado (18).

Com isso, o BITO, da ProShares, se tornou o maior ETF da criptomoeda no mundo, com 31.500 BTC (US$ 668 milhões).

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Mas o volume de retiradas dos fundos inversos de bitcoin também é grande, cerca de US$ 5,8 milhões na semana passada, segundo a Coinshares, o que pode significar que os investidores consideram que a desvalorização da moeda digital chegou ao limite.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.