Lula tem 45% da preferência de beneficiários do Auxílio Brasil criado por Bolsonaro

No ano passado quando o auxílio emergencial chegou ao fim, foi instalado de uma vez o Auxílio Brasil. O programa chegou para substituir o Bolsa Família e ampliou o número de beneficiados para 18,1 milhões de famílias. Acontece que, mesmo sendo criado pelo governo Bolsonaro, os beneficiários do atual programa não se mostraram favoráveis a reeleição do presidente.

Lula tem 45% da preferência de beneficiários do Auxílio Brasil criado por Bolsonaro
Lula tem 45% da preferência de beneficiários do Auxílio Brasil criado por Bolsonaro (Imagem: FDR)

Uma pesquisa realizada pelo PoderData entre os dias 19 e 21 de junho mostrou qual a preferência dos beneficiados pelo Auxílio Brasil. De acordo com o levantamento, 45% dos entrevistados preferem que Luís Inácio Lula da Silva (PT) seja eleito presidente do Brasil.

Dentro deste grupo, 28% acreditam que o melhor para o Brasil seria reeleger o atual presidente Jair Messias Bolsonaro (PL). Foram 3.000 entrevistas em 302 municípios nas 27 unidades da Federação.

No entanto, quando a mesma pesquisa foi feita entre os dias 8 e 10 de maio de 2022, a preferência pelos dois candidatos era maior. Na época, Lula levava 48% da preferência, enquanto Bolsonaro tinha 29% do eleitorado.

Os entrevistados também foram questionados sobre as outras opções de candidatos. Eles pontuaram em 16%, enquanto brancos e nulos somaram 4% e os que não sabem 8%.

Como funciona o Auxílio Brasil

O programa Auxílio Brasil surgiu como substituto do Bolsa Família, este que até então funcionava no país desde o ano de 2003. Até 2021 eram beneficiados pelo menos 14 milhões de famílias em todo país.

A ideia do governo Bolsonaro era de tirar o vínculo com o governo petista, e criar sua própria marca social. Para isso, ampliou o número de contemplados e adicionou pelo menos mais 5 milhões de famílias até maio deste ano.

Além disso, o valor médio mensal pago pelo programa social passou de R$ 210 no Bolsa Família para no mínimo R$ 400 no Auxílio Brasil.

Podem receber o benefício as famílias cuja renda per capita fique entre R$ 105 e R$ 210. Desde que estejam inscritas no CadÚnico do governo federal.

Eleições 2022

A pesquisa feita pelo PoderData também aproveitou para conferir quais as intenções de voto de uma maneira geral. Foi visto que Lula venceria as eleições presidenciais ainda em 1° turno. 

Isso porque, o ex-presidente possuí pelo menos 44% das intenções de votos. Enquanto Bolsonaro leva 34% das preferências no país.

Em um cenário com segundo turno, o petista tem 52% das intenções de voto, contra 35% do atual presidente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.