Aprenda de uma vez por todas a calcular férias, rescisão e 13º

Direitos garantidos pela Lei da CLT, mas, que nem todos os trabalhadores sabem o valor a receber. Saber calcular férias, rescisão e 13º salário deveria ser algo comum; aprenda agora.

Aprenda de uma vez por todas a calcular férias, rescisão e 13º
Aprenda de uma vez por todas a calcular férias, rescisão e 13º (Imagem: FDR)

Através do Decreto-Lei Nº 5.452, de 1º de Maio de 1943, os trabalhadores brasileiros passaram a ter acesso a diversos direitos, como as férias, rescisão e o 13º salário; saber fazer os cálculos é importantíssimo não só para o empregador, mas também para o empregado.

Como calcular férias, rescisão e 13º salário?

FÉRIAS

Antes de tudo é importante entender que a quantidade de dias de férias são proporcionais aos dias trabalhados, segundo a Consolidação das Leis Trabalhistas deve ser respeitada a seguinte proporção:

  • 30 dias corridos quando o trabalhador tiver 5 faltas ou menos;
  • 24 dias corridos quando o trabalhador tiver entre 6 e 14 faltas;
  • 18 dias corridos quando o trabalhador tiver entre 15 e 23 faltas;
  • 12 dias corridos quando o trabalhador tiver entre 24 e 32 faltas.

O cálculo é feito da seguinte forma: pega-se o salário bruto mensal e divide ele por 12, após isso, basta multiplicar o resultado pela quantidade de meses trabalhados.

Vale lembrar que às férias ainda é acrescentado um terço da remuneração mensal, o chamado um terço de férias.

RESCISÃO

Nesse caso, é importante observar o tipo de desligamento feito, isso porque de acordo com ele o trabalhador terá ou não direito a alguns benefícios.

A modalidade que mais beneficia o trabalhador é a com justa causa, nela o empregado recebe o saldo de salário; eventuais férias vencidas com o adicional correspondente; 13º salário proporcional; saldo de FGTS; multa de 40%; aviso-prévio; e seguro-desemprego.

Para fazer o cálculo basta somar todos os benefícios que você tem direito.

13º SALÁRIO

De todos esse é o cálculo mais fácil, basta o trabalhador dividir o salário bruto por 12 e multiplicar pela quantidade de meses trabalhados no último ano. Geralmente é pago um salário mínimo a mais, pois, em geral o trabalhador já faz parte da empresa a pelo menos 12 meses.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.