Petrobras tem margem de lucro até 6 vezes maior do que concorrentes estrangeiras

Em meio à alarmante alta nos preços de combustíveis no Brasil, a Petrobras apresentou um lucro de R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre de 2022, o que é 41,4% maior do que o resultado do trimestre anterior e 3.608% maior que o lucro alcançado no mesmo período de 2021.

Como se não bastassem esses números impressionantes, a estatal foi a que obteve maior lucro entre as grandes petroleiras do mundo. Um levantamento da Economatica aponta que a margem líquida (lucro líquido/receita líquida) da Petrobras no primeiro trimestre foi de 31,6%, muito superior às suas principais concorrentes.

A segunda empresa a ter a melhor margem foi a Chevron, dos Estados Unidos, com 11,5%. A PetroChina, por sua vez, teve um lucro 6 vezes menor que o da Petrobras. Confira a comparação completa:

Margem líquida da Petrobras no 1º trimestre de 2022 em comparação com concorrentes:

  • Petrobras: 31,6%
  • Chevron: 11,5%
  • Shell: 8,8%
  • Exxon Mobil: 6,6%
  • PetroChina: 5,6%
  • BP: -39,2%

Por que a Petrobras lucrou tanto?

Segundo especialistas no setor de petróleo, os principais motivos para a Petrobras obter um lucro tão grande são:

Política de preços

Desde 2016, a empresa adota um modelo de precificação dos combustíveis e do gás comercializados às distribuidoras chamado Política de Preços Internacionais (PPI). Seguindo esse modelo, a Petrobras promove reajustes constantes para acompanhar a variação internacional dos preços do petróleo e derivados.

O diesel, por exemplo, já sofreu três reajustes em 2022: de 8,08%, em 12 de janeiro, de 24,9%, em 11 de março, e de 8,87%, em 10 de maio.

Custo baixo de produção

Outro fator importante é que a Petrobras tem um custo de produção inferior ao das suas concorrentes. Esse custo, inclusive, não aumentou na mesma proporção que o faturamento da empresa nos últimos anos.

No caso do pré-sal, enorme conjunto de reservas de petróleo em águas profundas, o custo de extração da Petrobras é de apenas US$ 6 por barril. Para se ter uma ideia, o barril do tipo Brent foi cotado a US$ 117 na quarta-feira (15).

Concorrentes prejudicadas

O lucro da Petrobras é maior que o das concorrentes, também, porque elas sofreram mais fortemente o impacto da guerra na Ucrânia e das sanções contra a Rússia. Empresas como Shell e BP devem ter prejuízos bilionários após o encerramento de suas atividades na Rússia.

Baixo investimento

Ao contrário das suas concorrentes, a Petrobras transforma uma parte pequena do seu faturamento em investimento. Isso se reflete na perda de capacidade de refino (e aumento da necessidade de importar combustíveis) nos últimos anos.

Além disso, outras grandes petroleiras estão investindo bilhões de dólares na transição para fontes renováveis de energia, mirando a transição energética que deve ocorrer em breve.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.