Estas empresas do universo das criptomoedas estão acelerando as contratações

Balança de contratações do mundo das criptomoedas segue tentando equilíbrio. Enquanto algumas empresas anunciam demissões, outras desejam aumentar seus times de colaboradores; entenda esse movimento.

Estas empresas do universo das criptomoedas estão acelerando as contratações
Estas empresas do universo das criptomoedas estão acelerando as contratações (Imagem: Montagem/FDR)

Depois de empresas de criptomoedas e de grande porte anunciarem demissões, outras estão na contramão e desejam realizar contratações ainda nesse ano.

E redução nas contratações foi resultado da queda do Bitcoin, criptomoeda mais valiosa atualmente, que foi para menos de US$ 23 mil.

Isso representa uma redução de 15% de seu valor em 24 horas; essa foi a baixa mais considerável dentro do período de 18 meses.

Para quem deseja uma vaga de emprego na área, é importante ficar de olho nas empresas que estão tentando reaquecer esse mercado e no valor dessas criptomoedas.

Afinal, conforme elas forem sendo valorizadas, mais contratações devem acontecer.

Contratações em empresas de criptomoedas

A empresa que mais deve ofertar vagas de emprego é Binance, de acordo com um porta-voz afirmou ao CoinDesk que são mais de 2 mil vagas abertas em diversos continentes, incluindo a América do Sul.

“Continuaremos a aumentar nossa equipe conforme planejado e vemos este momento como uma oportunidade de obter acesso a alguns dos melhores talentos do setor”, afirmou o CEO Changpeng Zhao.

Além dela, a Kraken também tem planos de aumentar o quadro de funcionários, serão mais de 500 novos colaboradores a entrarem para os times da empresa.

Já a Polygon saiu na frente e anunciou a contratação de Jennifer Kattula como vice-presidente sênior de marketing, ela já trabalhou em empresas bastante conhecidas como a Meta e a Microsoft.

Demissões no mundo das criptomoedas

Se de um lado as empresas tentam reaquecer as contrações, outras já anunciaram que vão fazer cortes de pessoal.

A Crypto.com informou no início dessa semana que cerca de 5% dos seus funcionários serão demitidos. A BlockFi deve fazer o desligamento de 20% dos colaboradores.

Já a Coinbase já anunciou que 18% do seu quadro mundial de funcionários deve ser demitido, isso equivale a 1.100 funcionários fora do mercado de trabalho.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.