Mais de 10 mil vagas de emprego foram geradas por este setor em São Paulo em Abril

Apenas no mês de abril o estado de São Paulo abriu mais de 10 mil vagas de emprego formal. Crescimento acontece um mês após ser registrado um número alto de demissões.

Mais de 10 mil vagas de emprego foram geradas por este setor em São Paulo em Abril
Mais de 10 mil vagas de emprego foram geradas por este setor em São Paulo em Abril (Imagem: FDR)

Segundo dados da Pesquisa de Emprego no Estado de São Paulo (Pesp), feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), no mês de abril o comércio de São Paulo gerou 10.371 vagas com carteira assinada.

“É importante ressaltar que, em abril do ano passado, o estado enfrentava a fase mais restritiva ao funcionamento e à ocupação dos estabelecimentos considerados não essenciais”, diz a FecomercioSP.

Comércio de SP aumenta vagas de emprego

Essa espécie de “reabertura” das oportunidades de trabalho aconteceu um mês após o estado ter registrado o fechamento de 2,6 mil postos de trabalho.

Entre os setores do comércio o destaque é para o varejo, onde foram abertas 6.345 vagas de empregos.

Já o comércio por atacado gerou 2.647 postos de trabalho, principalmente no setor alimentício.

Em seguida está o comércio e reparação de veículos, nele foram abertas 1.379 vagas.

Com destaque para a atividade varejista de peças e acessórios novos para veículos com 325 oportunidades.

No acumulado dos primeiros meses desse ano, dois setores apresentaram resultados positivos nesses primeiros meses do ano.

O segmento de atacado abriu 8.984 vagas e o de comércio e reparação de veículos gerou outras 4.377 vagas.

Outro destaque positivo desses primeiros meses é o setor serviços, nele houve criação de 27.938 empregos em todo o estado, isso representa um crescimento de quase 200% em relação ao mesmo período do ano passado.

Demissões em São Paulo

Esse crescimento é animador, no entanto, os dados mostram que o saldo é negativo nos primeiros quatro meses do ano; nesse período no estado de São Paulo foram fechados 11.337 postos de trabalho.

O varejo foi o setor da economia que mais fechou vagas, 24.698 ao todo durante esse período. Dentro dele o destaque negativo ficou para os hipermercados e supermercados onde foram fechados 15.037 postos e o vestuário e acessórios com demissão de 7.066 trabalhadores.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.