Setor de serviços tem leve aumento em abril; confira o que mais subiu

Em abril, o volume do setor de serviços aumentou 0,2% em abril, em relação ao mês anterior. Este foi o segundo aumento consecutivo no volume de serviços. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), e foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (14).

Setor de serviços tem leve aumento em abril; confira o que mais subiu
Setor de serviços tem leve aumento em abril; confira o que mais subiu (Imagem: Montagem/FDR)

O volume do setor de serviços acumula aumento de 9,5% neste ano, em comparação ao mesmo período do ano anterior. com o resultado recente, o setor está 7,2% acima do nível pré-pandemia de coronavírus, de fevereiro de 2020.

Em relação a abril de 2021, o volume de serviços elevou 9,4% — registrando a 14ª taxa positiva seguida. Neste período, houve aumento em quatro das cinco atividades, e crescimento em 64,5% dos 166 tipos de serviços investigados pela pesquisa.

Destaques de abril no setor de serviços

No mês de abril, o grande destaque ficou com o transporte de passageiros, que recuperou, pela primeira vez, o patamar que tinha em fevereiro de 2020 — antes do começo das medidas de isolamento social.

Sobre essa atividade, o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, afirma que essa melhora confirma “a maior mobilidade da população, refletida no aumento das receitas das empresas que operam os transportes de passageiros nos seus diversos modais: aéreo, rodoviário e metroferroviário”.

No quarto mês deste ano, o crescimento no setor de serviços foi concentrado em duas das cinco atividades apuradas na pesquisa:

  • Serviços prestados às famílias: (+1,9%)
  • Informação e comunicação: (+0,7%)
  • Profissionais, administrativos e complementares: (-0,6%)
  • Outros serviços: (-1,6%)
  • Transportes: (-1,7%)

Em serviços prestados às famílias, a grande influência foi dos serviços de alojamento e alimentação.

O gerente da pesquisa declara que “É um resultado que vem na esteira da continuidade do processo da retomada dos serviços de caráter presencial, notadamente, os bares e restaurantes”.

Já em informação e comunicação, o destaque continua sendo das atividades de tecnologia da informação. Estas registraram recorde da série histórica da PMS.

Lobo explica que durante o pico do isolamento devido à pandemia, existiu uma grande demanda desses serviços. Segundo ele, esse movimento continua até hoje. As empresas seguem a demandar serviços como de marketing digital, desenvolvimento de softwares ou de aplicativos de teleconferência.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.