Quase metade dos brasileiros que querem se mudar e comprar imóvel não se planejam; descubra o que fazer

Pontos-chave
  • Falta planejamento financiamento para grande dos brasileiros
  • Verificar como anda suas finanças é um passo importante antes de pensar em adquirir um imóvel

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Datafolha sob encomenda da empresa QuintoAndar, grande parte dos brasileiros que tem a intenção de mudar de casa, querem comprar um imóvel próprio, no entanto, eles não tem um planejamento financeiro para tal.

A chance de se mudar é considerada alta por um terço dos brasileiros nos próximos dois anos e 57% deles desejam adquirir um imóvel. Já outros 25% tem a intenção de alugar, 9% não souberam responder e 8% deram respostas diferentes.

Entre aqueles brasileiros que moram de aluguel, a quantidade de quem quer se mudar  cresce para 48%. A porcentagem também é mais alta entre jovens entre 21 e 24 anos (47%), solteiros (39%) e quem mora em apartamento (38%).

No entanto, quando falamos sobre planejamento de compra, apenas 45% estão preparados para isso. A quantidade sobre entre as pessoas com maior poder aquisitivo, 58% (classe A/B), com filhos (52%) e que vivem em regiões metropolitanas (51%). Entre aqueles que moram no interior, apenas 40% se planejam para mudar.

A pesquisa Datafolha foi realizada de forma presencial e contou com a participação de 3.186 pessoas com mais de 21 anos, em todas as regiões do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Foram incluídas na pesquisa as regiões metropolitanas São Paulo, Rio e Belo Horizonte e dos macropolos da Baixada Santista e de Ribeirão Preto. A pesquisa mostrou que o planejamento financeiro é muito mais presente em Ribeirão Preto (77%), no interior de São Paulo, e menos presente no Rio (48%) e em BH (48%).

Entre os motivos citados pelas pessoas para comprar um imóvel, 8 em cada 10 dizem não ter mais que pagar aluguel (43%) ou realizar o sonho da casa própria (37%). Já outros 13% disseram que a finalidade é ter estabilidade financeira e 11%, investir.

Como adquirir a casa própria?

Para comprar a casa própria, 52% dizem que desejam fazer um financiamento e 25%, querem pagar à vista. Para outros 9% a ajuda virá da família, 9% responderam consórcio e os outros deram respostas diferentes, não sabe ou não quis responder.

O diretor de Crédito do QuintoAndar, Jonas Marchetti, ressaltou a importância de fazer uma avaliação de suas finanças e se preparar bem antes de adquirir um imóvel. “As despesas costumam aumentar quando você deixa de ser inquilino e vira proprietário, com a manutenção do imóvel. Por isso, é preciso fazer uma reserva para gastos inesperados e não deixar tudo na transação”, disse ele ao InfoMoney.

“Na casa nova, talvez sejam necessárias algumas melhorias. O ideal é até fazer um ‘test-drive’ alguns meses antes de comprar para ver a capacidade de arcar com todas as despesas valor da parcela de um eventual financiamento, condomínio, IPTU etc”, aconselhou Jonas.

Entre as pessoas que irão necessitar de empréstimo, 52%, vão buscar um banco, 26% tem a intenção de recorrer ao programa Casa Verde e Amarela e 19%, a construtoras e incorporadoras.

Jonas destaca ainda que é primordial estudar as formas de pagamento e financiamento. “A dica é sempre levar em conta o custo efetivo total: ou seja, analisar a forma de correção das parcelas, o custo do seguro. É preciso fazer contas. Se a pessoa não estiver segura com todos os cálculos para fazer um financiamento, o ideal é procurar ajuda, conversar com amigos, pesquisar mais”, disse ele ao InfoMoney.

Do total de 25% dos que tem a intenção de adquirir o imóvel à vista, 39% deles afirmam que vão recorrer à poupança, 28% dizem que irão utilizar o dinheiro da venda de outros imóveis e 26%, da venda de outros bens. Já outros 10% afirmam que utilizarão o dinheiro do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e 5% deram outras respostas/não sabem.

De acordo com  o Datafolha, 7 em cada 10 brasileiros possuem casa própria, sendo que 62% vivem em imóveis quitados e apenas 8%, em financiados, outros 27% moram em imóveis alugados e 3%, em imóveis cedidos/emprestados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.