Johnny Depp x Amber Heard: pulseiras de acesso a julgamento são vendidas; descubra valor

Na última semana, o mundo acompanhou o desfecho da batalha judicial entre os atores Johnny Depp e Amber Heard. Como forma de ganhar uma grana, pessoas que estiverem presentes nos dias de audiência estão vendendo suas pulseiras de acesso por altos valores na internet.

Em sites de vendas online, o preço das pulseiras de acesso variam entre US$50 a até US$5 mil. 

Enquanto a atriz terá que pagar ao ex-marido uma indenização de cerca de US$8 milhões e Depp de US$2 milhões a Amber, pessoas irão lucrar alto com a venda das pulseiras.

Johnny Depp saiu vitorioso em suas três alegações de difamação contra sua ex-mulher. Segundo a defesa de Depp, Amber o difamou em três pontos de um artigo que foi publicado pelo jornal “Washington Post” em 2016.

Foram considerados como difamação pelo júri a parte em que a atriz diz que falou “contra a violência sexual – e enfrentei a ira da nossa cultura”; outro trecho em que ela afirma que “dois anos depois, eu me tornei uma figura pública representando o abuso doméstico, e senti a força da ira de nossa cultura contra mulheres que denunciam”; e ainda, o trecho do artigo em que ela diz que “eu tive o raro ponto de vista, em tempo real, como as instituições protegem homens acusados de estupro.”

Por conta da vitória de Depp nestas três afirmações, o júri fixou a indenização a ser paga por Amber Heard em US$ 10 milhões (medidas compensatórias) e US$ 5 milhões (medidas punitivas). O último valor foi diminuído pela juíza Penney Azcarate a US$ 350 mil para obedecer o limite no estado da Virginia.

A atriz venceu em somente uma das três alegações que fez. No entendimento do júri, a afirmação que foi feita por um dos advogados de Depp de que uma visita da polícia à casa do casal foi uma “emboscada, uma farsa” iniciada por ela, foi tida como difamação.

Por conta disso, Amber receberá US$ 2 milhões em medidas compensatórias, no entanto,  não haverá indenização por medidas punitivas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.