Bolsa Caminhoneiro: entenda o projeto do governo para minimizar a crise dos combustíveis

Com o valor do diesel subindo, e a possibilidade de desabastecimento do combustível, o cenário para o atual governo não é dos melhores. Pensando em melhorar o relacionamento com os caminhoneiros, até mesmo o Ministério da Economia aprovou a criação do Bolsa Caminhoneiro. 

O auxílio trará um impacto de R$ 1,5 bilhão para os cofres públicos. E deve ser pago com uma quantia média de R$ 400 por mês, sendo usado para que os profissionais consigam arcar com os gastos do óleo diesel devido aos frequentes aumentos do combustível.

Ainda existe a possibilidade de incluir no auxílio os motoristas de aplicativo e taxistas. A proposta poderia melhorar a relação entre o governo e a categoria no Brasil.

A greve de caminhoneiros é motivo de grande apreensão dos governantes. Isso porque, com a paralisação diversos setores da economia são afetados. Além disso, a campanha de reeleição de Jair Bolsonaro ficaria gravemente afetada, conforme acreditam os economistas.

Aumento no valor do diesel

De acordo com um levantamento feito e divulgado pela CNN, usando como referência os dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), pelo menos dezesseis estados do Brasil sofrem com aumento do diesel. 

A pesquisa comparou os preços desde o mês de janeiro até o dia 27 de maio. Percebeu-se que o estado do Paraná lidera o ranking de reajuste, tendo acréscimo de 37% no valor do combustível que abastece caminhões, ônibus, o S500.

Enquanto isso, na versão S10 do diesel o estado que sofreu mais com os reajustes foi Pernambuco, tendo acréscimo de 34,4%.

No geral, todo o Brasil tem sentido os reflexos dos aumentos liberados continuamente pela Petrobras. Mas, aqueles que utilizam dos meios de transporte para trabalhar são ainda mais afetados.

Além disso, o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, anunciou uma possível crise de desabastecimento do óleo diesel no Brasil no segundo semestre de 2022. É por isso que o governo tem mostrado preocupação em encontrar soluções que possam minimizar estes impactos.

Os caminhoneiros já estão se organizando para criar uma nova paralização. Segundo matéria da Veja, circulam no WhatsApp mensagens que promovem uma nova greve em todo Brasil nesta primeira semana de junho.

A reinvindicação é sobre a política que causa o aumento de preços dos combustíveis, e sobre a suspeita de falta do produto.

Como funciona o Bolsa Caminhoneiro

Estima-se que 800 mil profissionais da categoria sejam beneficiados, com doze parcelas de R$ 400. O pagamento da bolsa caminhoneiro seria feito apenas para quem atua de forma autônoma.

Ou seja, quem trabalha em nome de empreiteiras não serão beneficiados. A expectativa é que o projeto que cria o auxílio seja aprovado antes das eleições de 2022, que acontecem em outubro.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.