Imposto de Renda 2022: confira o calendário completo das restituições

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda terminou e os contribuintes agora querem saber quando irão receber sua restituição. O primeiro lote foi pago ontem, 31, para contribuintes que possuem prioridade legal. Confira o calendário completo e como consultar.

Calendário de restituição do IR 2022

Foram definidos cinco lotes de restituição do IR neste ano, começando no próximo dia 31 de maio e se encerrando no dia 30 de setembro. Uma novidade deste ano é que o contribuinte poderá receber a restituição através do PIX, bem como efetuar o pagamento do Darf.

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 29 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Restituição via PIX

Neste ano, os contribuintes que possuírem Imposto a restituir em sua declaração do IR, poderão receber o valor devido através do PIX, solução de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central.

A opção de restituição através de conta corrente que é informada na última etapa do preenchimento da declaração do IR, permanece válida.

De acordo com a Receita, o uso do PIX para pagar as restituições será uma maneira de facilitar o processo, pois ele também agiliza a alteração de conta para o crédito dos valores. Utilizando esta forma de pagamento, o Fisco espera diminuir os casos que é preciso reagendar os depósitos em decorrência inválidas ou incorretas.

Para utilizar o PIX para receber a restituição, será preciso que o contribuinte tenha uma chave cadastrada com seu CPF. Não serão permitidas chaves que usam números aleatórios, email e telefone.

Para fazer a consulta e saber se vai receber a restituição já no primeiro lote, o contribuinte deve entrar no site Meu Imposto de Renda, ir na aba serviços e clicar em “Consultar a Restituição”. Para fazer uma consulta simples, clique aqui, digite seu CPF, ano da declaração (2022) e a data de nascimento.

Caso queira informações mais aprofundadas, acesse o e-CAC. Lá é possível saber o status da declaração e também se o documento está com alguma pendência ou divergência e se a declaração caiu na ‘malha fina’.

Através do e-CAC o contribuinte consegue fazer a retificação de possíveis erros encontrados em sua declaração. Para acessar é preciso CPF, código de acesso (que o próprio contribuinte gera) e senha.

Caso apareça o status dizendo “em fila para restituição”, quer dizer que é só aguardar os próximos lotes para saber quando vai receber.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.