Franquia ‘home-based’ é um bom investimento para cenários de crise; saiba como funciona

Já ouviu falar em franquia ‘home based’? A proposta de ter um negócio próprio trabalhando em casa chama a atenção como um bom investimento em cenários de crise; entenda como funciona.

Cada vez mais os mercados buscam se integrar às redes sociais e ao meio digital. Com isso, diversos setores de franquias enxergaram uma oportunidade de migrar para a modalidade ‘home based’, como as franquias de educação, finanças, marketing, seguros e turismo.

Conheça a modalidade ‘home based’ de franquias

Através do formato home based, as franquias não contam com espaços físicos, sem lojas, não existem os gastos com instalações e assim o modelo de torna um investimento mais atrativo e acessível para quem deseja ter um negócio.

Outra característica positiva de uma franquia desse modelo, é que tal tipo de empreendimento é bastante flexível, podendo se encaixar na rotina como uma renda extra. 

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising, a ABF, a expectativa é de que em 2022 o setor home based fatura R$ 201.724 bilhões, abra mais 3.000 novas redes e 180.000 novas unidades. Os números apontam uma maior segurança do empreendedor de investir nesse tipo de negócio por suas facilidades e o retorno financeiro rápido que proporcionam.

Franquias home based 

Conheça algumas marcas de franquias home based:

Love Gifts – Rede de venda de presentes e itens de decoração criativa. São cerca de 2.000 itens, entre copos, bolsas, almofadas e outros. A empresa nasceu em 2014, em Campina Grande (PB) e atualmente já são 65 franquias, sendo 25 no modelo home based, indicado para quem quer trabalhar sozinho. Nesse modelo, o franqueado vai atuar exclusivamente de casa com delivery local e regional, podendo comercializar os produtos por meio das redes sociais, como Instagram, WhatsApp e Mercado Livre.

Investimento inicial: R$ 28 mil (inclui taxa de franquia e estoque inicial)

Royalties: 8% do faturamento por mês

Taxa de publicidade: 2% do faturamento por mês

Faturamento médio mensal: R$ 15 mil

Lucro médio mensal: 35%

Prazo de retorno: de 12 a 18 meses

SuperGeeks – A primeira e maior escola de Programação e Robótica para crianças e adolescentes do Brasil.  São majs 4 mil alunos matriculados, a rede atende crianças entre 05 e 17 anos que fazem cursos para aprender Ciência da Computação, a partir do desenvolvimento de games, do conhecimento em Robótica, Realidade Virtual e Aumentada, Inteligência Artificial e também por meio da criação de aplicativos e sistemas web, incluindo questões de redes de computadores e servidores.

Investimento inicial médio: R$ 9.000,00

Taxa de franquia: R$ 5.000,00

Royalties: não cobra royalties

Fundo de marketing: 2% sobre faturamento bruto

Lucro médio mensal: 35% a 55%

Faturamento médio mensal: a partir de R$ 20 mil

Prazo de retorno: de 12 a 24 meses

*Contém informações do Portal do Franchising

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.