Getnet (GETT11) anuncia saída da bolsa e ações sobem 22,5%; entenda

Na última sexta-feira (20) as ações da Getnet (GETT1) dispararam 22,47%, a R$ 4,47. Isso aconteceu após a divulgação da notícia que os papéis da companhia sairão da bolsa de valores brasileira. O comunicado acontece sete meses após a empresa entrar na B3.

Getnet (GETT11) anuncia saída da bolsa e ações sobem 22,5%; entenda
Getnet (GETT11) anuncia saída da bolsa e ações sobem 22,5%; entenda (Imagem: Montagem/FDR)

A Getnet, empresa de maquininha de pagamentos do banco Santander (SANB11), comprará a totalidade das ações ordinárias e preferenciais negociadas na bolsa de valores brasileira. A companhia também fará a aquisição dos recibos ADRs (American Depositary Receipts) na Nasdaq, em Nova York.

Porque a Getnet anunciou saída da bolsa de valores

Em comunicado, a Getnet não especificou o motivo pelo qual o acionista controlador, PagoNxt, decidiu comprar todos os ativos — e cancelar o registro como empresa pública.

Apesar disso, segundo apurado pelo Valor Econômico, a decisão de encerrar capital da companhia sido do Santander Espanha. O banco europeu controla 90% da PagoNxt.

Como empresa privada, a Getnet poderia ter mais flexibilidade de gestão, com mais liberdade para implantar estratégias comerciais, se expandir no exterior, e também se desenvolver por meio de compras e fusões.

Em 18 de fevereiro do ano passado, a Getnet estreou na bolsa de valores. Os ativos estrearam diretamente no Ibovespa, após uma cisão do Santander Brasil.
No entendimento de analistas, a companhia sempre teve dificuldades de liquidez. Desde a estreia na bolsa, as units registraram, até então, queda de 22%.

Desde quando começou a cobertura da companhia, o Citi comentava sobre esse problema de liquidez. Isso fazia com que os ativos ficassem com valuation deprimido e free float (percentual de papéis em circulação livre no mercado) diminuído.

Segundo a casa, mesmo que, por um tempo, tenha sido negociada, em múltiplos parecidos ao Santander Brasil, falhou com a proposta da cisão — de destravar valor para o grupo.

O Citi alega que a relação da empresa com seu acionista controlador tem criando dificuldades de governança corporativa. Isso representa risco para a ação da Getnet. No momento, a casa segue com recomendação neutra para a empresa. O preço-alvo é de R$ 3,70.

No primeiro trimestre deste ano, a Getnet registrou lucro de R$ 98,9 milhões. Isso representa um crescimento de 76,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.