Guedes afirma que “inferno” da inflação passou e economia irá estabilizar; o que esperar?

Guedes afirma que o “inferno” da inflação passou e a economia deve estabilizar. A fala do ministro da Economia foi feita na última quinta-feira (19), em um momento em que o índice está em 12%.

Durante participação em um evento em São Paulo, Paulo Guedes disse que o “inferno” da inflação passou no Brasil e que agora outras nações caminham “para o inferno”.

Não é bem assim…

Também na quinta-feira, a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia comunicou sobre novo aumento da estimativa da inflação oficial para o ano no Brasil, indo de 6,5% no para 7,9%. Para o ano de 2023, o patamar foi de 3,25% para 3,6%.

Os indicadores do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, medidor oficial da Inflação no Brasil, também provam o contrário do afirmado pelo ministro Paulo Guedes, já que o IPCA fechou abril em 1,06%, apresentando uma alta acumulada de 4,29% em 2022 e de 12,13% nos últimos 12 meses, maior nível para o período de um ano desde outubro de 2003, quando foi registrado a marca de 13,98% pelo índice.

O IBGE, responsável pelo cálculo do IPCA, afirmou que a inflação em abril atingiu todas as regiões pesquisadas, dando destaque para a região metropolitana do Rio de Janeiro, que apresentou o maior índice.

Olhar de Paulo Guedes sobre a inflação no Brasil

O ministro disse ainda que o país saiu rápido do “fundo do poço” da Inflação. 

“Está faltando manteiga na Holanda. Tem gente brigando na fila da gasolina no interior da Inglaterra, que teve a pior inflação dos últimos 40 anos e vai ter dois dígitos já já. Eles estão indo para o inferno. Nós já saímos do inferno, conhecemos o caminho e sabemos como se sai rápido do fundo do poço”, disse Paulo Guedes.

Ainda durante o evento realizado pela Arko Advice e Traders Club, o atual ministro falou também sobre a possibilidade de seguir no cargo, caso o presidente Jair Bolsonaro (PL) seja reeleito. Paulo Guedes afirmou ser “natural” sua permanência no cargo diante de um segundo mandato.

“Se essa coalizão seguir, é natural que eu ajude, que eu apoie, que eu esteja lá”, disse Guedes.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.