Quanto tempo demora a fila de espera para a aprovação do Auxílio Brasil?

Fila de espera do Auxílio Brasil contabiliza mais de 1 milhão de pessoas. Logo após o Governo Federal anunciar que tinha zerado as listas de solicitação para inclusão no projeto, uma pesquisa feia com base nos dados do próprio Cadastro Único mostrou que há cerca de 3 milhões de vulneráveis descobertos. Acompanhe.

Quanto tempo demora a fila de espera para a aprovação do Auxílio Brasil? (Imagem: FDR)
Quanto tempo demora a fila de espera para a aprovação do Auxílio Brasil? (Imagem: FDR)

Com o país em extrema crise econômica, a inclusão em projetos como o Auxílio Brasil está cada vez maior. Inflação e desemprego em alta, não resta alternativa para os mais pobres se não tentar sobreviver com o salário social de R$ 400. No entanto, nem todos conseguem ser aprovados.

Quanto tempo dura a fila de espera do Auxílio Brasil?

Supostamente a inclusão de novos beneficiários deveria acontecer mensalmente. A cada fim de pagamento, o Ministério da Cidadania faz uma triagem para a exclusão daqueles que violaram as regras de concessão abrindo vaga para novos segurados.

No entanto, o que vem acontecendo é que estão sendo feitos apenas cortes no projeto. O número de abonos suspensos permanece crescendo, enquanto as filas de espera não reduzem.

Na grande maioria dos casos, os segurados que têm o próprio benefício cancelado sem justificativa é que voltam para tentar uma nova vaga na folha social do governo.

O que posso fazer para entrar no Auxílio Brasil?

É preciso se enquadrar nas seguintes regras de concessão:

  • Ter renda familiar per capita de até R$ 89; ou
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 178 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes até 17 anos);
  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos.
  • Crianças e adolescentes com idade escolar (entre 6 e 15 anos) devem ter, no mínimo, 85% de presença nas aulas;
  • Os jovens entre 16 e 17 anos, a frequência mínima exigida é de 75%;
  • Crianças menores de 7 anos precisam estar com as vacinas em dia e devem comparecer ao posto de saúde para realizar o monitoramento e o acompanhamento do crescimento;
  • Gestantes devem comparecer às consultas de pré-natal e participar de atividades educativas ofertadas pelo Ministério da Saúde sobre aleitamento materno e alimentação saudável;
  • Acompanhamento de saúde das mulheres que possuem 14 a 44 anos de idade.

Confira o calendário do Auxílio Brasil de maio 2022:

  • Final do NIS 1 – 18 de maio
  • Final do NIS 2 – 19 de maio
  • Final do NIS 3 – 20 de maio
  • Final do NIS 4 – 23 de maio
  • Final do NIS 5 – 24 de maio
  • Final do NIS 6 – 25 de maio
  • Final do NIS 7 – 26 de maio
  • Final do NIS 8 – 27 de maio
  • Final do NIS 9 – 30 de maio
  • Final do NIS 0 – 31 de maio

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.