Supermercado está caro? Confira dica que pode trazer boa economia na conta

Por conta dos altos preços no supermercado, vem ganhando destaque uma nova modalidade de comercialização: a venda de produtos com data de vencimento próxima, os populares “vencidinhos”, e de produtos com embalagem amassada, mas que não comprometem a qualidade, chamados de “feinhos”. Esta prática ajuda o consumidor a manter seu padrão de compra e economizar e de quebra ajuda os fornecedores e o supermercadista.

Esta prática ainda está engatinhando no Rio, porém, o Superprix já a adotou. Nesta rede de supermercados, os descontos oferecidos ficam entre 10% a 50% e foi uma maneira encontrada pelos consumidores para conseguir comprar os produtos de costume, sem estourar as finanças.

No Rio, a Asserj (Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro) enxerga de forma positiva esta prática. No estado de São Paulo, já existem estabelecimentos comerciais voltados especialmente para a  venda deste tipo de mercadoria. 

“A Asserj incentiva muito esse tipo de iniciativa, que é boa para todo mundo: para a indústria, que escoa a produção, para o supermercado, que garante a venda, e para o consumidor, que neste momento está muito atento a preço, e consegue uma grande oportunidade. Principalmente o consumidor de baixa renda, porque ele consegue ter acesso ao produto que está absolutamente próprio para o consumo e com o preço bem mais em conta. Além disso, esse tipo de comercialização evita o desperdício de alimentos, porque, se vencessem na prateleira, obviamente seriam descartados”, disse Fábio Queiróz, presidente da Asserj ao portal IG.

Consumidor é avisado 

Na rede Superprix, a promoção dos “vencidinhos” acontece em todas as lojas da empresa  e os consumidores as indentificam pelas etiquetas colocadas em gôndolas ou carrinhos.

Dicas para economizar

Em momentos de preços nas alturas existem algumas dicas que podem te ajudar a economizar. 

Compre somente a quantidade necessária para o consumo de sua família. Fazendo isso, você evita que eles estraguem, especialmente se eles forem da categoria “feinhos” ou “vencidinhos” e ainda reaproveita alimentos prontos. É importante saber que na cozinha nada se perde, tudo se recria. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.