Empreendedores endividados na pandemia têm crédito de até R$ 5 mil em SP; saiba como conseguir

Em São Paulo, os empresários que contraíram dívidas durante a pandemia do coronavírus, poderão contar com R$100 milhões em crédito, a juro zero, para quitá-las. O programa que foi batizado de “Nome Limpo” já está valendo e fica disponível até que todo o montante seja emprestado pelo Banco do Povo.

Segundo o governo do Estado, ainda não foi feito um balanço para conferir quanto deste valor já foi emprestado, uma vez que o programa começou a vigorar recentemente, no último dia 28. Quem estiver interessado em pegar o crédito deve fazer um curso pela internet com cara horária de 20 horas que ser ofertado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico destaca, o programa tem o objetivo de permitir que empresários q estão negativados em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, possam regularizar sua situação. 

Os empresários podem pegar emprestado valores entre R$ 100 a R$ 5 mil e o prazo para começar a pagar é de 180 dias e 24 meses para quitar o débito.

Estão aptos a tomar os empréstimo empresas enquadradas como Microeemprendedor Individual (MEI), Micro Empresa (ME), Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli) ou Sociedade Limitada (Ltda).

Para pegar o empréstimo é preciso morar no estado de São Paulo, que a dívida tenha  sido contraída a partir de março de 2020, ter concluído o curso de qualificação empreendedora, apresentar plano de recuperação e ter documento que ateste a negativação emitido por órgãos de defesa do consumidor.

Os interessados podem pedir o empréstimo em uma das unidades do Banco do Povo do município no qual o CNPJ está registrado.

“Acompanhando os impactos da pandemia em nossa economia, entendemos que muitos empreendedores estavam com o nome sujo, por não conseguirem pagar pequenas dívidas, essenciais para os seus negócios. O Programa Nome Limpo foi criado para atender essa demanda e garantir que os empreendedores de São Paulo possam voltar a abrir seus negócios e continuem a crescer”, disse Marina Bragante, secretária executiva, respondendo pelo expediente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.