Magalu faz lançamento de conta digital e cartão de crédito; descubra se valem a pena

Nesta semana, a Fintech Magalu lançou dois produtos, um cartão de crédito corporativo e uma operação de empréstimo pessoal para pessoas físicas através da conta digital. O braço financeiro do Magazine Luiza começa também a operar com a nova marca depois da integração com a Hub Fintech, comprada em 2020. 

A empresa disse que a Fintech Magalu já está posicionada como uma das dez maiores do país, contando com 16 milhões de clientes únicos, entre pessoas físicas e jurídicas. Também foi anunciado que o grupo irá se tornar um iniciador de pagamentos dentro do open finance.

Robson Dantas, diretor da Fintech Magalu, disse ao Valor Investe que o processo está em fase de homologação pelas entidades que acompanham o ambiente, depois da autorização recebida pelo Banco Central. “Estamos aguardando finalizar a homologação, mas a implementação está toda realizada”.

A operação de iniciadora de pagamentos será feita a partir da plataforma KaBuM!, que faz parte das marcas integrantes do Grupo Magalu, que é responsável também pelo Netshoes, Zattini, Shoestock, Época Cosméticos e Estante Virtual. 

Dantas disse ainda que o cartão de crédito corporativo possui uma base em potencial de 160 mil parceiros de venda que utilizam o ecossistema da Magalu para vender seus produtos.

Ao utilizar o cartão, o parceiro comercial passa a ter uma conta digital gratuito. De início, os interessados que operam no ecossistema da Magalu precisam entrar numa lista de espera. “Estamos liberando o cartão aos poucos”, disse Dantas.

Os usuários do cartão contarão ainda com diversos benefícios, através de pontos. Robson explicou que os usuários poderão trocar os pontos por produtos e serviços na plataforma.

O empréstimo pessoal, por sua vez, será ofertado dentro do superapp. “Já temos uma opção de crédito para pessoa física por meio do cartão de crédito, mas novo produto vai ampliar nossa atuação nessa área”, disse Dantas.

A empresa já possui 5,2 milhões de contas digitais de pessoas físicas abertas. Já na carteira de crédito, que engloba cartão e empréstimos através do plástico, são R$ 17,5 bilhões. Segundo Robson, a futura operação de empréstimo pessoal já conta com 10 milhões de clientes pré-aprovados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.