Gol (GOLL4) e Avianca fazem acordo; qual foi o impacto nas ações?

Na manhã desta quarta-feira (11), a Gol (GOLL4) e Avianca anunciaram que passarão a ser controladas por um mesmo grupo. A holding será chamada de Grupo Abra. Apesar disso, as empresas manterão operações independentes. Sendo assim, não existirá alienação de ações por parte da Gol e Avianca.

publicidade
Gol (GOLL4) e Avianca fazem acordo; qual foi o impacto nas ações?
Gol (GOLL4) e Avianca fazem acordo; qual foi o impacto nas ações? (Imagem: Montagem/FDR)

O acordo foi assinado entre o acionista controlador da companhia aérea Gol e principais acionistas da colombiana Avianca. As empresas declaram que a união busca “criar um grupo líder em transporte aéreo na América Latina”.

A Gol tem uma frota de 142 aeronaves. A empresa tem 33,6% de participação no mercado doméstico brasileiro. Ela está somente atrás da Latam, que detém 35,1% do total, de acordo com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

publicidade

Já a Avianca opera uma frota de mais de 110 aeronaves. A empresa aérea lidera na Colômbia, América Central e Equador. A Companhia opera 130 rotas na América Latina.

Há a expectativa de que o fechamento da transação aconteça no segundo semestre deste ano. De qualquer forma, a operação depende de condições habituais de fechamento e regulatórias.

Perspectivas sobre acordo da Gol e impacto nas ações

O anúncio da Gol ainda vem sendo estudado por uma parcela dos analistas. Apesar disso, a medida é observada como positiva. As citações são de que o movimento pode ser um indício do que acontecerá em todo o setor aéreo na América Latina.

Segundo analistas do Bradesco BBI, mesmo que os detalhes financeiros ainda não tenham sido publicados, a interpretação é que a Gol terá acesso maior ao mercado latino-americano. A companhia aérea ainda poderá ter significativas oportunidades de sinergias com a Avianca, Viva e Sky Airlines.

O Morgan Stanley ainda alega que a junção coloca a empresa em um grupo com forte posição financeira.

Isso pode reduzir possíveis temores com o seu balanço patrimonial ou com o potencial de a companhia enfrentar novas adversidades futuramente. Devido à pandemia de coronavírus, a Gol ainda vem se retomando.

publicidade

Na sessão desta quarta-feira, na bolsa de valores brasileira, as ações da Gol passaram por volatilidade. Ao longo do pregão, os papéis oscilaram entre R$ 12,83 e R$ 13,72. Apesar disso, os ativos fecharam em queda de 1,67%, a R$ 12,94.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.