Imóveis têm valorização acima da inflação e viram ótima opção para investimentos

Recentemente, a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) divulgou uma pesquisa sobre o mercado da construção civil nos últimos 12 meses. Mesmo em meio à crise provocada pela pandemia de coronavírus, o levantamento indica bom desempenho do setor de imóveis.

Imóveis têm valorização acima da inflação e viram ótima opção para investimentos
Imóveis têm valorização acima da inflação e viram ótima opção para investimentos (Imagem: Montagem/FDR)

Nos últimos 12 meses, a pesquisa informa que o Índice Geral do Mercado Imobiliário (IGMI-R/ABECIP) apresentou uma valorização de 17,63% nos preços.

No mesmo período, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, teve um aumento de 11,30%. Sendo assim, para quem investiu em imóveis, o retorno financeiro foi 6% acima da inflação oficial.

De acordo com o diretor comercial e de novos negócios do Grupo Diagonal, João Ximenes Fiuza, os números divulgados proporcionam confiança para o mercado.

Ele declara que, ao contrário de anos atrás, a compra de um imóvel é vista como investimento — e não apenas como necessidade. Isso especialmente frentes às valorizações constantes.

“Como os números nos mostram, as pessoas estão, finalmente, entendendo isso e depositando confiança no setor”, afirma o executivo.

Produto Interno Bruto ajuda a explicar a valorização dos imóveis

Uma das razões que ajudam a compreender o momento recente é o Produto Interno Bruto (PIB). No ano passado, o indicador cresceu 4,6% no país. Este foi um número destaque desde 2010.

Desse número, houve uma elevação de 9,7% no PIB da construção civil. Esta foi a melhor performance para o segmento desde 2010. Em relação a 2020, esse PIB registrou elevação de 16%.

João Ximenes Fiuza comenta que, para as construtoras, o Índice Nacional de Custo de Construção (INCC) aumentou 14,2% — puxado pela alta do preço das matérias-primas utilizadas nos empreendimentos.

Mesmo diante da elevação das taxas, o executivo explica que a população está comprando mais, e as construtoras construindo mais. Essas altas favorecem os índices IGMI-R e FipeZap. Estes são medidores da valorização do imóvel.

“Isso é tanto a causa quanto o efeito do setor imobiliário ser um dos que mais valorizam hoje”, afirma.

Compra de imóveis como forma de investimento

Segundo o diretor do Grupo Diagonal, atualmente, a compra de um imóvel é um dos investimentos mais seguros que podem ser realizados. O executivo alega que, o mercado imobiliário sofre pouco com as crises financeiras — e quase não sofre variações.

Ele explica “a moradia é um recurso básico, então também sempre vai ter demanda de aluguel.

Outro ponto a se considerar é que, nos últimos 10 anos, a Abrainc indicou que a rentabilidade anual de um imóvel foi de 15%. No mesmo período, os investimentos de renda fixa tiveram rentabilidade anual de 9%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.