Torcedor do Boca Juniors faz gesto racista, é detido, e paga fiança; confira o valor

Torcedor do Boca Juniors faz gesto racista, é detido, e paga fiança. A situação aconteceu na última terça-feira (26), quando o Corinthians recebia o time argentino pela Libertadores.

Na partida que terminou em 2 a 0 para a equipe brasileira, o destaque não se deu pelo que aconteceu dentro das quatro linhas, mas sim a um episódio lamentável de racismo. Leonardo Ponzo foi detido por injúria racial quando torcedores do Corinthians apontaram que o torcedor fazia gestos imitando um macaco. 

Liberação após pagamento de fiança e nova polêmica

Ponzo foi detido pela PM por injúria racial, a pena é de um a três anos de detenção, entretanto  o crime é passível de pagamento de fiança para liberação, o que ocorreu no caso do torcedor do Boca Juniors. Leonardo Ponzo foi liberado após pagar R$ 3.000 de fiança.

Horas após  liberação sob fiança, o argentino apareceu em postagem feita no Instagram por outro torcedor, na imagem mais uma vez torcedores do Boca realizam atitude de cunho racista.

A foto teria sido publicada por outro torcedor argentino, identificado como Nicolás Garay, na postagem Garay ironiza a situação acontecida.

Foto publicada por torcedor argentino, identificado como Nicolás Garay, ironiza a situação.

“Nada aconteceu por aqui”, dizia a frase colocada na imagem. Ao lado, o torcedor colocou o emoji de um macaco. 

Atitude do argentino reabre debate sobre racismo no esporte

Situação traz de volta o tema sobre racismo nas arquibancadas. Em nota, o Corinthians reforçou que repudia atitudes como a do torcedor Leonardo Ponzo . “O Corinthians repudia todo e qualquer ato de racismo e discriminação e agradece à Polícia Militar pela eficiência no apoio prestado. Esse fato só reforça a importância de nossa luta por um futebol sem ódio”, escreveu o Timão.

Através do Twitter, o Boca Juniors realizou postagem de repúdio ao caso do torcedor argentino. Em resposta a publicação do Corinthians, a equipe lamentou a situação e informou que estudará sanção ao torcedor. “O Club Atlético Boca Juniors expressa seu repúdio absoluto aos gestos racistas e xenófobos de um torcedor em relação aos torcedores do Corinthians. Na próxima reunião do Conselho de Administração serão analisadas as medidas a implementar e as eventuais sanções a aplicar”, escreveu o Boca Juniors.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.