13º salário do INSS começa a ser pago; saiba quem será contemplado

Os pagamentos da primeira parcela do 13º salário do INSS começaram nesta segunda-feira, 25 de abril, e vão até 6 de maio. Já a segunda parcela, será paga entre 25 de maio e 7 de junho. A antecipação do abono ocorre pelo terceiro ano seguido, como forma de estimular o consumo das famílias.

A seguir, te explicamos quem são os cerca de 36 milhões de beneficiários do instituto que poderão sacar o 13º a partir de hoje.

13º do INSS: quem pode receber

O 13º salário do INSS não é pago a todos os beneficiários do instituto. Em vez disso, apenas quem recebe aposentadorias, pensão por morte, auxílio por incapacidade temporária (conhecido antes como auxílio-doença), auxílio-acidente e auxílio-reclusão podem receber esse abono.

Quem recebe benefícios assistenciais, como BPC (Benefício de Prestação Continuada) e auxílio-inclusão, não têm direito ao 13º do INSS. Beneficiários de Renda Mensal Vitalícia também ficam de fora.

Por outro lado, quem passar a receber um dos benefícios que dão direito ao 13º depois de maio, ou seja, depois do pagamento das duas parcelas, também poderá receber o abono. Nesse caso, ele será pago em uma única parcela, com valor integral (igual ao do benefício regular), a partir de 24 de novembro.

Quem receber benefícios por menos de 12 meses neste ano também poderá receber o 13º do INSS, mas com valor proporcional. Dessa forma, quem receber um auxílio por incapacidade temporária, por exemplo, entre janeiro e maio (5 meses), receberá R$ 505 de 13º, o que corresponde a 5/12 do “valor cheio”.

Porém, caso o benefício seja interrompido antes do previsto, o instituto fará o cálculo do abono novamente e o beneficiário pode ser convocado a devolver o que foi pago a mais.

Calendário do 13º do INSS

O 13º será pago em duas parcelas, junto com as folhas de pagamento de abril e maio. Os depósitos começam por quem recebe um salário mínimo e depois contemplam quem recebe benefícios maiores. Veja o calendário completo.

Primeira parcela para quem recebe um salário mínimo:

Final do benefício 1 – 25/4
Final do benefício 2 – 26/4
Final do benefício 3 – 27/4
Final do benefício 4 – 28/4
Final do benefício 5 – 29/4
Final do benefício 6 – 2/5
Final do benefício 7 – 3/5
Final do benefício 8 – 4/5
Final do benefício 9 – 5/5
Final do benefício 0 – 6/5

Primeira parcela para quem ganha acima de um salário mínimo:

Final do benefício 1 e 6 – 2/5
Final do benefício 2 e 7 – 3/5
Final do benefício 3 e 8 – 4/5
Final do benefício 4 e 9 – 5/5
Final do benefício 5 e 0 – 6/5

Segunda parcela para quem recebe um salário mínimo:

Final do benefício 1 – 25/5
Final do benefício 2 – 26/5
Final do benefício 3 – 27/5
Final do benefício 4 – 30/5
Final do benefício 5 – 31/5
Final do benefício 6 – 1º/6
Final do benefício 7 – 2/6
Final do benefício 8 – 3/6
Final do benefício 9 – 6/6
Final do benefício 0 – 7/6

Segunda parcela para quem recebe acima de um salário mínimo

Final do benefício 1 e 6 – 1º/6
Final do benefício 2 e 7 – 2/6
Final do benefício 3 e 8 – 3/6
Final do benefício 4 e 9 – 6/6
Final do benefício 5 e 0 – 7/6

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.