13º salário do INSS começa a ser pago; saiba como consultar se tem direito

A ansiedade dos segurados da Previdência Social já pode chegar ao fim, pois o calendário da antecipação do 13º salário do INSS finalmente começou. A partir desta segunda-feira, 25, os aposentados e pensionistas que recebem até um salário mínimo serão contemplados pelo abono. 

13º salário do INSS começa a ser pago; saiba como consultar se tem direito
13º salário do INSS começa a ser pago; saiba como consultar se tem direito. (Imagem: FDR)

Lembrando que este é o calendário oficial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) referente aos pagamentos de abril, a autarquia apenas aproveitou o cronograma para inserir a antecipação do 13º salário do INSS. É importante explicar que, normalmente, o instituto distribui os pagamentos em duas etapas. 

A primeira é composta pelo grupo de segurados que recebem até um salário mínimo, que este ano é de R$ 1.212. A segunda etapa contempla os aposentados e pensionistas que recebem benefícios com valor entre o piso nacional e o teto do INSS, que é de R$ 7.087,22. O segurado que deseja saber quando receberá os valores, deve prestar atenção em um fator. 

A Previdência Social libera os salários seguindo a ordem do dígito final do Número de Identificação Social (NIS), aquele antes do traço, a começar do 1 e terminar em 0. No caso específico do 13º salário do INSS o calendário não é dividido apenas em duas etapas, mas sim em quatro. 

Isso porque, além de separar os pagamentos por valores, perante a lei o 13º salário do INSS, assim como o abono natalino pago aos trabalhadores formais na ativa, pode ser pago em duas parcelas de 50%. Salvo a ressalva de que a segunda parcela é submetida aos devidos descontos, como o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), na hipótese de o segurado ser contribuinte.

O 13º salário do INSS se estende a quase todos os segurados da autarquia. Em tese, aqueles que recebem os seguintes benefícios:

  • Aposentadorias;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Pensão por morte;
  • Salário maternidade. 

A exceção fica por conta dos contemplados pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). Destacando que o valor integral é pago somente aos segurados que já recebem os respectivos benefícios há um ano ou mais. Do contrário, o cálculo da quantia liberada será proporcional aos meses como beneficiário.

Consulta do 13º salário

A consulta sobre o 13º salário do INSS pode ser feita por quatro meios distintos. Observe a seguir:

Site Meu INSS

  • Acesse o portal Meu INSS pelo navegador;
  • Clique em “Entrar com Gov.br”;
  • Procure a opção “Extrato de Pagamento de Benefício”.

Aplicativo Meu INSS 

  • Faça o download do Meu INSS pela App Store ou Play Store;
  • Faça login com os dados pessoais registrados na plataforma;
  • Clique em “Entrar”.
  • Selecione o botão “Extrato”. 

Central de Atendimento 135

Quem tiver dificuldades de acessar os meios digitais pode recorrer à Central de Atendimento do INSS pelo telefone, é só ligar no número 135. O atendimento fica disponível de segunda a sábado das 07h às 22h e não possui nenhum custo. 

Atendimento presencial 

Os mais tradicionais podem recorrer aos atendimentos presenciais na unidade mais próxima do INSS. Entretanto, o atendimento é feito com data e horário marcados. 

Calendário do 13º do INSS

Primeira parcela para quem recebe até um salário mínimo 

  • NIS final 1 – 25 de abril;
  • NIS final 2 – 26 de abril;
  • NIS final 3 – 27 de abril;
  • NIS final 4 – 28 de abril;
  • NIS final 5 – 29 de abril;
  • NIS final 6 – 2 de maio;
  • NIS final 7 – 3 de maio;
  • NIS final 8 – 4 de maio;
  • NIS final 9 – 5 de maio;
  • NIS final 0 – 6 de maio;

Segunda parcela para quem recebe até um salário mínimo 

  • NIS final 1 – 25 de maio;
  • NIS final 2 – 26 de maio;
  • NIS final 3 – 27 de maio;
  • NIS final 4 – 30 de maio;
  • NIS final 5 – 31 de maio;
  • NIS final 6 – 1º de junho; 
  • NIS final 7 – 2 de junho;
  • NIS final 8 – 3 de junho; 
  • NIS final 9 – 6 de junho;
  • NIS final 0 – 7 de junho.

Primeira parcela para quem recebe até o teto do INSS

  • NIS final  1 e 6 – 2 de maio; 
  • NIS final  2 e 7 – 3 de maio;
  • NIS final 3 e 8 – 4 de maio;
  • NIS final 4 e 9 – 5 de maio;
  • NIS final 5 e 0 – 6 de maio.

Segunda parcela para quem recebe até o teto do INSS

  • NIS final 1 e 6 – 1º de junho;
  • NIS final 2 e 7 – 2 de junho; 
  • NIS final 3 e 8 – 3 de junho; 
  • NIS final 4 e 9 – 6 de junho.
  • NIS final 5 e 0 – 7 de junho.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.