Com home office e trabalho híbrido, mini mercados são cada vez mais comuns nos condomínios

Com home office e trabalho híbrido, os mini mercados são cada vez mais comuns nos condomínios, diz pesquisa. O estudo realizado pela Smart Break confirma novos hábitos dos consumidores.

A Smart Break é pioneira no ramo de honest micro market no Brasil. Recentemente, a empresa realizou uma pesquisa inédita com moradores de condomínios nos quais a startup funciona com o intuito de compreender melhor o consumo após a chegada dos minimercados autônomos.

Pesquisa confirma novos hábitos dos consumidores

Ao total, o estudo ouviu 329 pessoas, sendo 155 homens e 174 mulheres, todos moradores de São Paulo, com idades entre 17 e 48 anos. Os resultados confirmam como a consolidação dos modelos de trabalho home office e híbrido refletem nos hábitos de consumo das pessoas.

Entre os entrevistados, cerca de 37% trabalham em home office, enquanto 28% trabalham no formato híbrido, somando totalizam 65% dos respondentes. Os outros 35% já trabalhavam presencialmente ou retornaram com a diminuição de casos da Covid-19.

Desse modo, de acordo com a pesquisa da Smart Break, 6 em cada 10 paulistanos trabalham integralmente ou parcialmente em casa, passando mais tempo em domicílio. Com isso, o modelo de negócio da empresa de honest micro market passa a ser uma opção considerável para essas pessoas .

A proposta é de que tudo o que o consumidor precise esteja a um elevador de distância, proporcionando mais qualidade de vida e praticidade principalmente para quem não passa no mercado na volta do trabalho para casa.

Para 48% dos entrevistados, a praticidade ou facilidade em acessar e comprar produtos é o que mais os motiva a comprar na Smart Break. Outros 26% afirmam que a comodidade é o principal ponto, enquanto 18% dizem utilizar o minimercado em situações de emergência.

Smart Break é pioneira e referência no ramo

De acordo com o CEO da Smart Break, Rodrigo Colas, a empresa foi a primeira a testar o modelo de negócio no país, ainda em 2019, período pré pandemia. 

“Fomos a primeira empresa a colocar uma loja de honest micro market em condomínio residencial no país, em 2019, e com a expertise conquistada com inovação, tecnologia e qualificação de nossos profissionais e processos, nos tornamos uma referência e desejamos ser a maior empresa do segmento, com crescimento sustentável, ampliação de oferta de produtos, oferecendo cada vez mais comodidade, conveniência e segurança às pessoas. Queremos revolucionar a forma de consumo das pessoas em seus condomínios residenciais”, conta.

A empresa fechou o ano de 2021 com mais de 1 milhão de itens vendidos, tendo atendido a mais de meio milhão de pessoas. A Smart Break atua em condomínios residenciais e empresariais, incluindo hotéis e academias, e obteve um crescimento de 600% no faturamento anual em comparação com 2020.

As lojas em residenciais representam 80% do faturamento da empresa, e entre os itens mais vendidos estão refrigerantes, chocolates e cervejas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.