Governo vai reajustar salários de servidores em 5%; verba será retirada de outras áreas

Foi aprovado um novo reajuste dos salários dos servidores em 5%. Inicialmente a ideia era conceder o benefício apenas a alguns funcionários, mas, após pressão, isso mudou.

Governo vai reajustar salários de servidores em 5%; verba será retirada de outras áreas
Governo vai reajustar salários de servidores em 5%; verba será retirada de outras áreas (Imagem: FDR)

Na última quarta-feira, 13, o Governo Federal decidiu conceder um reajusta de 5% a todos os servidores públicos federais.

O custo total da medida deve ser de R$ 6 bilhões durante todo esse ano.

Reajuste nos salários de servidores federais

A decisão de acrescer a remuneração mensal dos servidores vem sendo debatida há algum tempo.

Inclusive, o Palácio do Planalto fez pressão nos últimos dias para a chegada em uma decisão ainda nessa semana.

Acontece que o Governo Federal não tem o montante necessário para realizar esse reajuste, dispondo apenas de R$ 1,7 bilhão para reajustes ou reestruturações de carreiras de servidores neste ano.

Assim, para cobrir o valor que ainda será necessário o Governo Federal deve realizar um corte linear nas despesas discricionárias dos ministérios.

Ainda não foi informado quais pastas serão afetadas.

A primeira classe que deve receber esse reajuste são os Policiais Federais, no entanto, a porcentagem não agradou muito algumas classes.

“O reajuste de 5% é muito pequeno diante da inflação acumulada no governo Jair Bolsonaro já ser superior a 20%. Se concretizada, essa proposta pode significar o início de negociação, mas, para nós, é insuficiente”, diz o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central, o Sinal, Fabio Faiad.

Esse percentual é muito abaixo do que está sendo reivindicado pela maioria dos sindicatos, como o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior.

Mas a carestia, com aumento de combustíveis e desemprego, tem prejudicado o sustento dos servidores. Estamos em pleno o processo de construção de greve e isso não dá conta das nossas perdas salariais. Tenho a impressão de que os servidores irão ficar revoltados, já que 5% equivalem à inflação apenas deste ano, praticamente”, comenta Amauri Fragoso de Medeiros, do Andes-SN.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.