Quem pode sacar os R$ 1 mil liberados pelo FGTS?

O saque extraordinário do FGTS, anunciado recentemente pelo governo federal, começa a partir do dia 20 de abril, mas muitos trabalhadores ainda não sabem se poderão aproveitar a medida. A seguir, explicamos quem poderá fazer o saque, como o dinheiro será creditado, as datas, os valores e outros detalhes de como o recurso funcionará.

Saque extraordinário do FGTS: quem pode fazer?

O saque extraordinário estará disponível para todos os trabalhadores com saldo no FGTS, seja em contas ativas (emprego atual) ou contas inativas (empregos anteriores).

O governo liberou a consulta ao saldo do fundo a partir do dia 8 de abril (última quinta-feira), através do app FGTS. Será preciso fazer o download da versão mais recente do app, disponível para Android e iOS. Outras funções também estão disponíveis no aplicativo, como: solicitar que o depósito relativo ao saque extraordinário não seja realizado ou que o dinheiro retorne ao FGTS, conferir a data em que o depósito será realizado, mudar dados cadastrais, etc.

Também é possível consultar o saldo em agências da Caixa e, pelo site do banco, o trabalhador pode saber se tem direito ao saque extraordinário e a data do depósito.

Qual o valor do saque?

O valor do saque extraordinário dependerá de quanto o trabalhador possui no FGTS. O limite será R$ 1 mil, mas se houver uma quantia menor, então o valor disponível para saque será menor.

Não serão considerados os valores bloqueados, para pagamento de empréstimo com garantia de saque-aniversário ou por outros motivos.

Como realizar o saque?

O trabalhador não precisará solicitar a retirada do dinheiro do FGTS. Em vez disso, o valor será depositado automaticamente numa conta-poupança social digital da Caixa.

O trabalhador poderá movimentar o dinheiro através do app Caixa Tem. Pelo aplicativo, será possível:

  • Fazer transferências para outras contas, inclusive em outros bancos
  • Fazer Pix
  • Pagar contas e boletos
  • Fazer compras usando cartão de débito digital ou QR Code
  • Solicitar o saque em agências da Caixa e casas lotéricas

E se eu não quiser fazer o saque?

O trabalhador que não quiser usar o recurso e, portanto, preferir manter o dinheiro no FGTS, tem três alternativas:

  • Solicitar que o depósito não seja feito, até o dia 20 de abril, pelo app FGTS.
  • Solicitar que o dinheiro retorne ao FGTS depois de depositado, até o dia 10 de novembro, também pelo app FGTS.
  • Esperar até o dia 15 de dezembro, quando o dinheiro que não for retirado da conta-poupança social digital da Caixa retornará automaticamente para o FGTS, com correção.

Calendário do saque extraordinário do FGTS

  • Nascidos em janeiro – 20/04
  • Nascidos em fevereiro – 30/04
  • Nascidos em março – 04/05
  • Nascidos em abril – 11/05
  • Nascidos em maio – 14/05
  • Nascidos em junho – 18/05
  • Nascidos em julho – 21/05
  • Nascidos em agosto – 25/05
  • Nascidos em setembro – 28/05
  • Nascidos em outubro – 01/06
  • Nascidos em novembro – 08/06
  • Nascidos em dezembro – 15/06

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.