Novo projeto do MEC visa aproveitamento de cursos técnicos no ensino superior; entenda

Foi lançado nessa semana pelo MEC, o Projeto Verticaliza que vai oferecer cursos técnicos e aproveitamento dos estudos. Nessa primeira etapa as instituições de ensino devem se cadastrar para ofertar vagas.

Novo projeto do MEC visa aproveitamento de cursos técnicos no ensino superior; entenda
Novo projeto do MEC visa aproveitamento de cursos técnicos no ensino superior; entenda (Imagem: FDR)

No último dia 6 de abril o Ministério da Educação lançou o Projeto Verticaliza que vai atuar de duas formas, na oferta de cursos técnicos de nível médio e no aproveitamento de estudos em cursos superiores.

Novo projeto do MEC

O Projeto Verticaliza tem o objetivo de oferecer capacitação profissional para o desenvolvimento de estudos de nível médio em cursos de nível superior de tecnologia. Serão capacitados 260 profissionais de 65 instituições.

A iniciativa é da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) com a parceria do Instituto Federal de São Paulo (IFSP).

Nesse primeiro momento, estará aberto o período de inscrições para as instituições de ensino superior das redes estaduais, municipais, distrital e federal que desejam ofertar cursos técnicos e superiores de tecnologia, além dos Sistemas Nacionais de Aprendizagem e instituições privadas, militares, comunitárias e confessionais.

Todos os cursos que serão ofertados estarão organizados em 6 módulos, com 180 horas totais de atividades e duração de 3 meses.

O período de adesão das instituições é até 31 de maio. A primeira turma do curso de aperfeiçoamento tecnológico terá início em julho.

O público-alvo são os profissionais indicados pelas instituições de ensino que aderirem ao projeto. No total, seis turmas serão capacitadas ao longo de dois anos.

As formações de nível médio podem ser conferidas no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT).

Será possível escolher entre os seguintes eixos tecnológicos: controle e processos industriais; desenvolvimento educacional e social; informação e comunicação; infraestrutura; militar; produção alimentícia; produção cultural e design; produção industrial; recursos naturais; segurança; turismo hospitalidade e lazer; ambiente e saúde e gestão e negócios.

Enquanto os cursos superiores tecnológicos podem ser conferidos no Catálogo Nacional de Cursos Superiores Tecnológicos.

O participante que for aprovado nos seis módulos receberá o certificado de Aperfeiçoamento Tecnológico, emitido pelo Instituto Federal de São Paulo  (IFSP).

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.