FGTS: consulta do saque extraordinário começa hoje (8); saiba como realizar

O saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS começa neste mês de abril, com depósitos a partir do dia 20. Antes disso, porém, os trabalhadores poderão consultar quanto têm de saldo no fundo e em que data terão acesso ao saque, além de solicitar que o depósito não seja realizado, se assim desejarem.

Todos esses procedimentos podem ser feitos a partir desta sexta-feira (8), através do app FGTS, disponível para Android e iOS. O acesso ao app é feito com senha, que deve ser informada no momento do cadastro. Outras informações também devem ser fornecidas, como CPF, nome completo e e-mail.

O aplicativo também permite verificar os depósitos feitos pelos empregadores, alterar dados cadastrais e solicitar que o dinheiro do saque extraordinário retorne para o FGTS depois que o depósito for realizado.

Através do site fgts.caixa.gov.br o trabalhador também poderá consultar se tem direito ao saque extraordinário e quando receberá o depósito na conta-poupança social digital. Para acessar essas funções no site, no entanto, é necessário ter certificado digital.

Saque extraordinário do FGTS: como vai funcionar?

Apesar do nome da medida, o trabalhador não fará um saque direto dos recursos do FGTS. Em vez disso, o dinheiro será depositado automaticamente numa conta-poupança social digital da Caixa, criada automaticamente pelo banco.

Através do app Caixa Tem, será possível consultar o valor depositado, transferir o dinheiro para outras contas, fazer Pix, pagar boletos e compras. Também será possível solicitar o saque do dinheiro em agências da Caixa e casas lotéricas.

O valor depositado dependerá do saldo que o trabalhador tiver no fundo, considerando tanto contas inativas (de empregos anteriores), quanto contas ativas (emprego atual). Valores que estiverem bloqueados (para o saque-aniversário, por exemplo) não poderão ser retirados do fundo. O limite do depósito é R$ 1 mil, mas valores menores podem ser depositados, se o saldo disponível no fundo for inferior a R$ 1 mil.

A consulta ao saldo do FGTS e ao valor que pode ser usado no saque extraordinário é que está sendo liberada agora.

O governo aplicará a seguinte ordem de prioridade na retirada de dinheiro do fundo: primeiro as contas inativas, começando pelas de menor saldo; depois as contas ativas, também começando pelas de menor saldo.

O trabalhador que, mesmo tendo direito ao saque extraordinário, preferir que o dinheiro fique no FGTS, tem 3 opções:

Calendário de depósitos do saque extraordinário do FGTS

Os depósitos serão realizados de acordo com o mês de aniversário do trabalhador:

Amaury NogueiraAmaury Nogueira
Nascido em Manga, norte de Minas Gerais, mora em Belo Horizonte há quase 10 anos. É graduando em Letras - Bacharelado em Edição, pela UFMG. Trabalha há três anos como redator e possui experiência com SEO, revisão e edição de texto. Nas horas vagas, escreve, desenha e pratica outras artes.
Sair da versão mobile