Saiba como consultar os benefícios do INSS sem sair de casa

Segurados do INSS podem consultar seus benefícios sem sair de casa. Nas últimas semanas, as unidades de atendimento da previdência voltaram a realizar suas atividades presencialmente. No entanto, quem desejar evitar as longas filas ainda tem a oportunidade de usar as plataformas digitais do órgão. Confira, abaixo.

Saiba como consultar os benefícios do INSS sem sair de casa (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Saiba como consultar os benefícios do INSS sem sair de casa (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Cada vez mais o cidadão busca otimizar seu tempo através da atualização de plataformas digitais que evitem filas de atendimento. Para os segurados do INSS, é possível consultar o valor e situação dos seus benefícios através do site e também dos telefones. Ambos os procedimentos são gratuitos.

Por telefone

No caso do atendimento por chamada de voz, basta ligar para a central pelo número 135 e informar seus dados de identificação pessoal. Nome completo, número do CPF, data de nascimento e outros informes, serão solicitados pela atendente.

Na sequência, basta informar o serviço ou informação desejado e aguardar para que seu protocolo seja identificado. O atendimento está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Pelo site

Outra forma de fazer consulta é pelo site Meu INSS. Nesse caso, é preciso fazer login também informando os dados de identificação pessoal e depois selecionar o serviço ou informação desejado.

  • Faça login no Meu INSS;
  • Clique na opção “Novo Pedido”;
  • Digite o serviço que você quer;
  • Na lista, clique no serviço/benefício desejado;
  • Confira ou altere seus dados de contato e depois clique em “Avançar”;
  • Informe os dados necessários para concluir o seu pedido.

Pelo aplicativo

Por fim, há também o atendimento por app do Meu INSS. O login deve ser feito com os mesmos dados do site, sendo possível consultar informes sobre os seguintes benefícios:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Salário maternidade;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Seguro Desemprego do Pescador Artesanal;
  • Benefícios Assistenciais;
  • Certidão de tempo de contribuição;
  • Alterar local ou forma de pagamento;
  • Cadastrar ou renovar procuração ou representante legal;
  • Solicitar pagamento de benefício não recebido;
  • Recurso e revisão.

Depois que realizada a análise do seu protocolo, o órgão concederá as seguintes respostas:

  • Habilitado: quando o pedido ainda está em avaliação;
  • Deferido: quando o benefício foi aprovado e será concedido;
  • Indeferido: quando o benefício foi analisado e negado para o segurado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.