Renda extra todo mês? Confira como montar uma carteira com ações que pagam dividendos mensais

Para quem deseja receber uma renda extra mensalmente, a bolsa de valores conta com ações que pagam bons dividendos, e com regularidade. Descubra uma carteira com ações que pagam dividendos mensais, segundo levantamento realizado pelo InfoMoney.

Renda extra todo mês? Confira como montar uma carteira com ações que pagam dividendos mensais
Renda extra todo mês? Confira como montar uma carteira com ações que pagam dividendos mensais (Imagem: Montagem/FDR)

Para realizar o levantamento, foi verificado o histórico, considerando a data de pagamento e a frequência dos últimos cinco anos, de 2017 a 2021. Nesta pesquisa, foram inseridas as empresas que registraram a maior regularidade na oferta de lucro aos acionistas.

Carteira com ações que pagam dividendos mensais

Empresas que pagam todo mês:

Empresas que pagam, pelo menos, seis vezes ao ano:

  • Banco do Brasil (geralmente em março, maio, junho. agosto, setembro, novembro e dezembro)
  • Itaúsa (geralmente em janeiro, março, abril, julho, agosto e outubro)

Empresa que paga dividendos quatro vezes ao ano:

  • Taesa (geralmente em maio, agosto, novembro e dezembro)

Empresas que pagam duas vezes ao ano:

  • BB Seguridade (geralmente em fevereiro e agosto)
  • Vale (geralmente em março e setembro)
  • Totvs (geralmente em maio e outubro)
  • Klabin (fevereiro e novembro)
  • Weg (geralmente em março e agosto)

O que deve ser observado para a carteira de dividendos

Segundo especialistas consultados pelo InfoMoney, a primeira recomendação é sempre priorizar companhias de setores resilientes — conhecidas por serem boas geradoras de caixa.

Entre os setores mais recomendados, o sócio-fundador do Ações Garantem o Futuro, Fabio Baroni, cita os de bancos, energia, saneamento, telecomunicações e seguros.

Outro ponto é decidir pelas boas empresas, no momento da tomada de decisão — mesmo se estas não pagarem proventos todo mês.

O dividend yield (taxa de retorno com dividendos) também deve ser observado. Segundo o estrategista de ações da Santander Corretora, Ricardo Peretti, uma empresa, para integrar uma estratégia de renda passiva, deveria ter pelo menos um dividend yield acima de 4%.

Conforme Baroni, não somente o retorno em dividendos e a regularidade importam. No retorno, também pesa bastante o valor de compra da ação. Isso se chama yield on cost. Quanto mais barato se adquire uma ação, maior o retorno ao investidor de renda passiva.

Para quem procura desenvolver uma carteira mensal de dividendos, o especialista ainda recomenda definir metas por número de ações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.