NuPay é a nova solução do Nubank no meio de pagamentos; saiba como funciona

Na última quarta, 30, o Nubank anunciou um novo serviço que irá complementar ainda mais seu portfólio oferecido aos mais de 52 milhões de clientes no país, rentabilizando de maneira crescente sua operação. A fintech batizou sua nova solução de pagamentos de NuPay.

Utilizando o NuPay, os clientes podem finalizar sua compras em diferentes plataformas de comércio online que estão integradas ao aplicativo do Nubank. Tudo isso de forma mais rápida, prática e claro, com segurança.

Neste momento, o NuPay está disponível nos checkouts, que é a fase de finalização do procedimento de compra pela internet, de parceiros como Consul, Positivo Tecnologia, Baw Clothing, Madesa Móveis, e outros. Nos próximos meses, a oferta será expandida para outras grandes redes varejistas que vendem pela internet, disse o Nubank em um comunicado.

De acordo com a fintech, o NuPay permite que os usuários efetuem pagamentos através do débito em conta ou parcelamento sem juros no aplicativo do Nubank. A novidade oferecerá ainda, limites adicionais aos que já estão disponíveis no cartão de crédito do usuário sem que ele precise fazer um cadastro ou uma contratação prévia.

“O e-commerce é o setor que cresce mais rapidamente no país hoje e, ainda assim, a experiência de compra online no Brasil é complexa, ineficiente e cara para compradores e vendedores”, explicou Livia Chanes, VP de Produto do Nubank, em nota.

“As taxas de abandono de checkout chegam a quase 50% por causa da quantidade de etapas pelas quais os consumidores precisam passar e pelo receio de compartilhar seus dados de cartão“, disse.

A finalidade do NuPay é a de facilitar o processo de compra pela internet e ainda de favorecer o lojista, já que a a taxa de conclusão de compras acaba crescendo.

Nubank é o banco digital mais baixado do Brasil

O aplicativo do Nubank é o mais baixado pelos brasileiros e permanece liderando este mercado. As informações foram coletadas pelo banco de investimentos UBS BB, que realizou um comparativo entre os bancos de varejo tradicionais e também os conhecidos como newcomers, ou bancos digitais.

Falando apenas dos bancos digitais que não possuem ligação direta com os bancos tradicionais, o Nubank responde por 42% dos downloads considerando uma média de três meses. No segundo lugar aparece o C6 Bank, mas com a porcentagem bem abaixo, apenas 20% dos downloads. Fechando o pódio, aparece o Inter com 18% dos downloads.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.