Eleições 2022: como transferir o título de eleitor? Até quando é possível?

O primeiro turno das eleições 2022 ocorrerá em 2 de outubro e o segundo turno no dia 30 de outubro. Mas o prazo final de alguns procedimentos importantes ocorre bem antes. É o caso da transferência de título, necessária para quem mudou de município, estado ou país.

A transferência pode ser feita pela internet até o dia 4 de maio. Mas o procedimento é bem simples e leva apenas 5 passos para ser concluído. A seguir, te explicamos como transferir o seu título e outros detalhes importantes a serem observados pelos eleitores em 2022.

Transferência de título: quem deve fazer?

A transferência de título deve ser feita por quem se mudou do município onde a atual sessão eleitoral se encontra. É necessário, no entanto, que o eleitor esteja morando há pelo menos 3 meses no novo endereço e que não tenha feita uma transferência nos últimos 12 meses.

A exceção a essas regras fica por conta de servidores públicos e seus parentes que tenham mudado de cidade devido a remoção ou realocação. Também vale lembrar que jovens entre 16 e 18 anos não são obrigados a tirar o título ou votar.

Como fazer a transferência?

O procedimento deve ser feito pelo site do Tribunal Superior Eleitoral, na sessão do Autoatendimento do Eleitor, disponível nesse link. O eleitor deverá, então, seguir estes passos:

  • Selecione a opção “Atualize o seu endereço” (quem está no exterior deve escolher a opção “Eleitor no exterior”).
  • Uma caixa de texto aparecerá informando os documentos e dados necessários. Clique em “Sim”.
  • Na parte seguinte, será possível verificar se você tem débitos com a Justiça Eleitoral, que devem ser resolvidos antes de realizar a transferência
  • Caso não haja débitos, clique em “Iniciar seu atendimento a distância”
  • Escolha a unidade da federação em que você se encontra
  • Um aviso aparecerá. Clique em “Próximo”.
  • Na página seguinte, forneça as informações requisitas, como Título de Eleitor, nome da mãe e do pai. Depois, clique em “Próximo”.
  • Alguns documentos deverão ser enviados. São eles: comprovante de residência, documento de identificação com foto (frente e verso), certificado militar (para homens entre 18 e 45 anos) e selfie segurando a identidade.
  • Depois de enviá-los, é preciso informar os dados do novo endereço.
  • Por fim, aparecerá uma tela com as sessões mais próximas. Basta escolher a mais adequada para você. O requerimento poderá ser acompanhado também no site do TSE.

Como regularizar o título?

O título deve ser regularizado antes de se fazer a transferência. As pendências com a Justiça Eleitoral podem ser consultadas por este link. Depois de digitar o número do título, CPF ou nome, clique em “Entrar”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.