Oscar 2022: atores e atrizes recebem malas ‘recheadas’ de dólares; confira valor

Neste domingo, 27, aconteceu o premiação do Oscar 2022 e em uma casa nos Estados Unidos, o saguão estava repleto de caixas de papelão e malas pretas. Esta é a casa de Lash Fary, homem que comanda a empresa de marketing Distinctive Assets, tida como o Papai Noel do Oscar. Este foi o oitavo ano consecutivo que a empresa presenteou os principais indicados ao prêmio. 

Na bolsa é possível encontrar itens como US$ 10 mil em botox, férias no valor US$ 15 mil em um spa da California e ainda US$ 25 mil para serviços e materiais ligados à construção de casas.

“As pessoas aqui estão sempre fazendo reformas em seu quinto imóvel”, brincou Fary, em entrevista concedida ao jornal “The Guardian”. Ainda esta incluso na mala de presentes, para os indicados britânicos, uma estadia de três noites, no valor de US$ 50 mil, num castelo escocês.

Entre os nomes que receberam esta mala de presentes em 2022 estão Will Smith, Andrew Garfield, Javier Bardem, Nicole Kidman, Olivia Colman, Penélope Cruz e Kristen Stewart. 

É obvio que todas estes artistas conseguiriam comprar todos os itens insossos no pacote. “Mas esse não é o ponto”, destacou Fary. Depois de duas décadas ocupando esta  função, o criador da companhia de marketing afirma que o processo de obtenção dos presentes está cada vez mais fácil.

“No começo, precisava convencer as marcas de que fazia sentido dar aos ricos e famosos coisas grátis. Agora, todos sabem por que isso faz sentido. Eles estão fazendo isso porque esses atores são os melhores embaixadores de marcas no mundo”, disse ele.

O Oscar se tornou uma grande vitrine para diversos produtos. Por conta disso é comum ver os estilistas “brigando” para que as celebridades usem suas roupas no tapete vermelho. 

O resultado de tudo isso é que algumas das pessoas mais privilegiadas do planeta começam a receber na sua casa ou nos chamados “gift lounges”, ainda mais privilégios.

As marcas não pagam pouco para fazer parte das conhecidas malas pretas. “As marcas também precisam pagar a taxa necessária para fazer parte desta sacola de presentes, que começa em US$ 4 mil e pode chegar até US$ 50 mil, dependendo do nível de patrocínio”, disse Fary.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.