Pandemia: setor de supermercados foi o que mais gerou empregos

Entre 2020 e 2021 o setor foi o maior responsável pela geração de empregos no país. Seguido dele está o setor de carga rodoviária; entenda melhor o que aconteceu nesse período para movimentar eles.

Pandemia: setor de supermercados foi o que mais gerou empregos
Pandemia: setor de supermercados foi o que mais gerou empregos (Imagem: FDR)

A pandemia afetou alguns setores, ainda que poucos, de forma positiva, o principal foi o de supermercados em que houveram altos índices de geração de emprego com 156.120 novos postos gerados, sendo 57.214 no ano de 2020, e 98.906, em 2021.

Nesses dois anos, 2020 e 2021, o setor e supermercado foi o responsável por 6,1% do total de novos postos de trabalho, aponta o Mapa dos Empregos no Setor de Supermercados, realizado pela Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserrj) em conjunto com a consultoria Future Tank.

Empregos no Rio de Janeiro

No estado, esse setor foi responsável por 41% das vagas de emprego abertas.

Ou seja, foram 11.120 novos postos de trabalho, esse número corresponde a duas a cada cinco vagas de emprego abertas no estado; em 2020, foram gerados 2.483 vagas e, no ano seguinte, 8.637.

Além do Rio de Janeiro, outros estados brasileiros também apresentam maiores oportunidades de trabalho nesse setor durante a pandemia, confira:

Piauí (21%), com 3.504 vagas; Rondônia (13%), com 1.838; Maranhão (12%), com 6.860; Amazonas (11%), com 4.774; Pará (11%), com 10.819; Pernambuco (8%), com 6.377; e Ceará (7%), com 6.495 postos.

Seguido dele está o setor de transporte de carga rodoviária, com 136.423 novas vagas no período de 2020 a 2021.

Em termos nacionais, esse setor também está entre os 10 que mais geram empregos em todos os estados brasileiros; os campeões do ranking em 2020 e 2021 foram São Paulo, com 30.989 postos gerados; Minas Gerais (17.511); Rio de Janeiro (11.120): Pará (10.819); e Rio Grande do Sul (9.757).

O presidente da Asserj, Fábio Queiróz, afirmou que o setor de supermercados teve um “papel social e econômico fundamental na pandemia, não só pela sua função de abastecimento da população, mas também por ter sido um dos pilares em termos de geração de emprego e de renda no Brasil, principalmente no estado do Rio de Janeiro”.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.