Aluguel tem alta de 1,82% nos preços em janeiro

Em janeiro, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), conhecido como a inflação do aluguel, subiu 1,82%, após a variação de 0,87% em dezembro do ano passado. Diante disso, o índice já acumula uma alta de 16,91% em 12 meses. No mesmo mês em 2021, o índice tinha crescido 2,58% com uma alta acumulada de 25,71% em 12 meses.

Estes dados foram revelados no último dia 28, pelo Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas).

“A inflação ao produtor segue espalhada. Os preços dos bens de investimento subiram 2,07%, ante 0,78%, em dezembro de 2021. Já os preços de materiais e componentes para manufatura avançaram para 1,33%, depois de subirem 0,40% no mês passado. Por fim, o minério, embalado pela escalada do preço internacional, fechou janeiro com alta de 18,26% e respondeu por 52% do resultado do IPA”, disse ao Agência Brasil o coordenador dos Índices de Preços André Braz.

O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) cresceu 2,30% em janeiro, logo após a alta de 0,95% em dezembro. Na análise por estágios de processamento, a taxa do grupo Bens Finais variou 0,75% no primeiro mês do ano. Em dezembro, a taxa do grupo ficou em 0,53%. A grande ajuda para este resultado ser atendido foi proveniente do subgrupo bens de investimento, que a taxa subiu de 0,78% para 2,07%, no mesmo período.

Segundo a pesquisa, a taxa do grupo bens Intermediários subiu levemente de 1,02% em dezembro para 1,05% em janeiro. O maior culpado por este resultado foi o subgrupo materiais e componentes para a manufatura, que o percentual passou de 0,40% para 1,33%. O índice de bens Intermediários, obtido após a exclusão do subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, cresceu de 1,26% em janeiro, ante 0,74% em dezembro.

De acordo com o Ibre/FVG, o estágio das matérias-primas brutas teve uma alta de 4,95% em janeiro, contra 1,22% em dezembro. O avanço da taxa do grupo foi causado pelos itens seguintes: minério de ferro (-0,52% para 18,26%), soja em grão (-1,03% para 4,05%) e milho em grão (-2,68% para 5,64%).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.